Não existem atalhos no e-commerce

| 02/04/2012 - 09:38 AM | Comentários (7)

Muitas vezes as pessoas me perguntam como montar uma loja virtual sem investir quase nada, “só pra testar” costuma ser o argumento. Inevitavelmente a minha resposta é: Esqueça. O mais engraçado é que as expectativas de resultados dessa empreitada “só pra testar” costumam ser elevadas. Não faz o mínimo sentido alguém querer participar de um mercado tão competitivo desses achando que não terá que fazer um investimento sério no projeto. Não estou falando de milhões, já que atualmente é possível abrir uma loja virtual com um capital bastante reduzido, comparando-se às outras opções no mundo físico.

Para piorar essa situação, algumas empresas, fazem ofertas do tipo “sua loja grátis” ou “loja virtual sem esforço”, uma proposta que todo profissional de mercado sabe que não funciona. Essas ofertas acabam por fazer com que as pessoas achem que o consultor de e-commerce está de má vontade ou coisa assim, o que não é o caso.

A abertura de uma loja virtual exige sim investimento e acima de tudo muito trabalho e técnica. Em nosso curso sobre criação de lojas virtuais costumo avisar aos novos empreendedores logo no primeiro módulo, que loja virtual não é vídeo game. A tela de “Game Over” não tem botão de “Restart“, mas sim o valor do prejuízo. Loja um projeto de e-commerce exige muito planejamento e também investimentos. Por isso, esqueça qualquer tipo de atalho para o sucesso no e-commerce.

Aviso aos navegantes

Para os futuros empreendedores que ainda não estão a par dos custos envolvidos em um projeto de e-commerce e os meandros da montagem de uma loja virtual, deixo aqui alguns avisos.

  • Investimento – Faça um planejamento e determine um orçamento realista para o seu projeto de e-commerce. Fuja de soluções simplistas como loja virtual grátis ou qualquer outra proposta que garanta o sucesso sem esforço, isso simplesmente não existe no mundo virtual da mesma forma que não existe no mundo físico.
  • Plataforma de e-commerce – Busque uma solução de e-commerce que seja escalável já que o seu negócio deve ser criado para crescer. Procure uma plataforma de e-commerce que garanta a expansão da loja a médio e longo prazo, pois a troca de plataforma sempre é traumática.
  • Marketing digital – Tenha em mente que atualmente o maior gasto com um projeto de e-commerce é justamente na parte de divulgação, portanto, faça uma alocação adequada de recursos para essa etapa para não ficar sem fôlego financeiro mais adiante.
  • Capacitação – Invista na capacitação de pessoal para que sua loja tenha um gerenciamento adequado.  O comércio eletrônico está cada vez mais técnico e “a menina da contabilidade que tem MSN” nem sempre é a pessoa ideal para o gerenciamento da sua loja virtual.

O e-commerce é um dos segmentos que mais cresce na economia brasileira e mundial, e justamente em função disso tem se tornado cada vez mais profissional. Por isso, fuja de soluções simplistas ou atalhos para o sucesso porque a decepção é certa. Encare o seu projeto de e-commerce como o investimento que ele é na verdade e os resultados certamente serão compensadores.

Tags: , , ,

Categoria: Cases

Sobre E-Commerce News: Fundado no ano de 2009, o E-Commerce News é um site projetado para profissionais de todas as áreas, interessados nos mais recentes conteúdos sobre o e-commerce no Brasil e no mundo. Ver mais artigos deste autor.

  • Todos Fornecedores
  • Plataformas
    • Gestão de Anúncios
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Plataforma de E-Commerce
    • Precificação Dinâmica
  • Serviços
    • Escola Espelicializada
    • Agência Especializada
 
Moovin
EZ Commerce
Jet
Rakuten
Bling
Accesstage
e-completo
Vtex
Mailbiz
Viewit
Digital UP
Hystalo
Softvar
LojaMestre
Braspag
Superpay
E-Goi
Neoassist
Tray
DLojavirtual
Dotstore
Ciashop
Seri.e
Precifica
Akna
Web Jump
GhFly
E-Millennium
KPL
Bis2Bis
Redfeet
Bluefoot
ChannelAdvisor
F1soluções
Wiser
MasterPass
CustomerGauge
Tools E-commerce
Enviou
Sanders
BizCommerce
Internet Innovation
Signashop
Xtech Commerce
JN2
ComSchool
Thumb
Brasil na Web
 

Comentário (7)

Trackback URL | Comentários RSS Feed

  1. Maicom disse:

    Comecei a cerca de 6 anos atrás sem conhecimento algum em internet, e nela mesma adquiri esse conhecimento e ferramentas necessárias para progredir e assim sigo até hoje sem ter investido nenhum centavo se quer em propaganda ou criação de site. Permaneço na primeira página do google em termo de buscas sobre o tipo de produto que comercializamos. Não precisa ter dinheiro, basta ter vontade de fazer (http://www.botaprafazer.org.br).

    • Alberto Valle disse:

      Realmente Maicon. Levar o e-commerce a sério e essencial para o sucesso do negócio. Esperar que o PC faça tudo e ainda te mande os lucros para a praia é ingenuidade de quem acredita e má fé de quem vende a ideia.

      Um grande abraço

      Alberto Valle
      http://www.cursodeecommerce.com.br

  2. Paulo Araujo disse:

    Muito bom esse artigo !
    Adicionaria aos pontos levantados pelo Alberto a GUERRA DE PREÇOS.

    Preço é fundamental. Se você não tem preço está fora do jogo. Uma das saídas é a importação. Todas as empresas podem importar e deveriam fazer. Como disse o usuário “Maicom” do post anterior basta ter vontade de fazer (www.qualitaexpress.com.br).

    No mundo físico seu concorrente está longe. Na internet, seu concorrente está à um clique de distância.

    Com as ferramentas de busca como o Yahoo, Google, Bing, Buscapé e agora com o Google Shopping fazer uma busca pelo menor preço está mais fácil do que nunca.

    Fica o parabéns para a EcommerceNews pelos diversos artigos de alto nível.
    Paulo Araujo

    • Alberto Valle disse:

      Olá Paulo

      O ponto que você levantou é realmente importante. Hoje em dia o usuário navega com a sua loja em uma aba do navegador e outra em uma ferramenta de comparação de preços.

      Portanto, se você não tem preço, nem entre.

      Um grande abraço

      Alberto Valle
      http://www.cursodeecommerce.com.br

  3. Mônica disse:

    Muito bom o artigo. Estou na web desde 2008, e sempre vejo empresários investindo em sites de comércio on line, achando que pelo simples fato de colocar um site na internet ele vai arrebentar de vender, sem que seja necessário esforço por parte do empresário.

    A grande maioria ainda vive com esta ilusão…….

    • Alberto Valle disse:

      Oi Mônica

      Infelizmente ainda tem gente que vem para o mercado com esse tipo de pensamento. A parte boa da história é que agora o empreendedor digital pode contar com sites que deixam claro que a coisa não é bem assim, como o E-commerce News e outros.

      Um grande abraço

      Alberto Valle
      http://www.cursodeecommerce.com.br

  4. Claudio disse:

    Montou um ecommerce e não divulgou, jogou dinheiro fora, invista um pouco mais em links patrocinados, SEO e midias sociais, se você tem um bom produto e preço competitivo não há o que temer, mas precisa investir no marketing.

    Claudio Ferreira
    http://www.primeirapaginaseo.com.br

Comente esta Matéria




Para incluir uma imagem ao lado do seu comentário, registre-se em Gravatar.