Especialistas dão dicas para transmitir segurança aos consumidores no e-commerce

| 10/04/2013 - 12:35 PM | Comentários (0)

cadeado

© Schlierner – Fotolia.com

A prática de compra pela internet está se tornando um hábito cada vez mais comum no Brasil. De acordo com a consultoria e-bit, o país teve um crescimento expressivo de 20% em 2012, e aponta que mais de 42,2 milhões de pessoas já fizeram pelo menos uma compra online. No entanto, o hábito ainda é motivo de insegurança para algumas pessoas que têm receios quanto, por exemplo, ao fornecimento de dados de cartão de crédito e credibilidade da empresa.

Uma forma de transmitir segurança ao consumidor é atentar a alguns detalhes do site. Até o seu design pode influenciar. Ana Paula Klein, Diretora de Arte da Moovin, chama a atenção para a importância da diagramação, de um layout agradável e organizado e cores bem aplicadas. “O design do site é o primeiro passo para transmitir segurança ao cliente. Estando de acordo com esses itens, o site causa boa impressão, pois transparece seriedade”, diz.  Colocar à disposição do cliente o número máximo de informações sobre a empresa – sua história, onde está localizada, dados para contato –, informações sobre o produto, formas e prazos de pagamento e quais suas as políticas de troca e devolução, também é importante. Anderson Herzer, Diretor de Vendas e Marketing da Moovin, recomenda o esclarecimento das medidas de segurança que a loja dispõe, como recursos de encriptação de dados e certificados digitais. Também chama a atenção quanto ao posicionamento dos selos de “Site Blindado” e “Compra Segura”- este selo na verdade foi criado pela própria Moovin, utilizando-se da ferramenta do Google que diagnostica a navegação do site, classificando-a como segura quando se encontra isenta de registros de conteúdos considerados suspeitos. “Dar visibilidade a esses selos é importante. Aconselho aos nossos clientes a posicioná-los em lugares estratégicos, normalmente próximos aos botões de ‘comprar’ e ‘finalizar compra’, esses detalhes podem ser fatores decisivos para a efetivação de uma compra”.

A pós-venda também deve ser explorada. “Depois da entrega do produto, pode-se convidar o consumidor a responder uma pesquisa de satisfação, a fim de melhorar seus processos e até mesmo gerar credibilidade para os futuros clientes. Cuidados ao atendimento, respostas ágeis e esclarecedoras a e-mails e comentários, são imprescindíveis para conquistar a confiança do cliente. Um bom atendimento, além de pesar para a efetivação de uma compra, pode ajudar a fidelizar seus clientes, que futuramente recomendarão sua loja a outras pessoas”, finaliza Anderson.

Tags: , , , ,

Categoria: Pesquisas

Sobre E-Commerce News: Fundado no ano de 2009, o E-Commerce News é um site projetado para profissionais de todas as áreas, interessados nos mais recentes conteúdos sobre o e-commerce no Brasil e no mundo. Ver mais artigos deste autor.

Comente esta Matéria




Para incluir uma imagem ao lado do seu comentário, registre-se em Gravatar.