5 motivos porque seu e-commerce não converte via mobile

Se o seu e-commerce não está comprometido com a experiência do usuário via mobile, você com certeza está perdendo muitos clientes e vendas (e relevância no Google). De acordo com um relatório elaborado pela empresa Atlas, 31% das compras online em 2017 foram feitas através de dispositivos móveis. Por outro lado, a taxa de conversão do mobile ainda é muito baixa, deixando clara a necessidade das lojas virtuais investirem em melhorias.

Acrescente a tudo isso, aquela atualização do Google de 2015, que prejudicou desempenho de muitos sites por não serem adaptados ao mobile. E mais: no final de 2017, o Google anunciou que pretende lançar a atualização Mobile First Index, que já está em fase de testes. A mudança colocará novos critérios para a indexação de páginas e rankeamento, priorizando o conteúdo de sites mobile ou versões responsivas.

Acho que você já tem motivos de sobra para corrigir o mobile do seu e-commerce, né?

  1. Você utiliza o mesmo layout desktop para o mobile

Quem nunca acessou um site através do smartphone e sofreu com a interface que foi desenvolvida para desktop? E o tempo de carregamento absurdamente lento? Pior ainda, quando não estamos conectados a uma rede Wi-Fi, e lá se vão nossos dados…

Muitas empresas optam por utilizar um layout responsivo, fazendo a adaptação do design original, para uma melhor visualização no smartphone. Ok, já melhora bastante! Mas, o ideal, seria desenvolver uma versão exclusiva para o mobile. Um site realmente pensado e otimizado para a experiência mobile, resultará em uma melhor taxa de conversão.

Por exemplo, de repente você prefere trabalhar com listagem de produtos na página inicial de seu site desktop, mas para o mobile, pode ser mais interessante utilizar banners que destaquem suas categorias e promoções.

Exemplo de uma boa versão dedicada para o mobile:

  1. É difícil de navegar com os dedos em seu site

Se acessarmos um site pelo smartphone que utiliza a mesma apresentação do desktop, enfrentaremos grandes dificuldades para manuseá-lo. Até mesmo os sites responsivos, que geralmente ainda dão a sensação de que foram feitos para serem navegados em um computador.

Muitas ações que precisamos fazer acabam exigindo que fiquemos dando zoom e tirando zoom o tempo inteiro ou usar barras de rolagem para visualizar todo conteúdo da página. Os elementos ficam muito pequenos, pois foram feitos para a seta de um mouse, e não para um dedo. Você quer acessar um link ou acionar um botão, mas sem querer acaba “clicando” em outra coisa e lá vai você para outra página, que demora mais uns minutos para ser carregada. É tudo muito difícil e irritante. Por isso, é importante que o layout realmente seja adaptado para o mobile, com todos os elementos (menus, botões, fotos, links, caixas de seleção, enfim, T-O-D-O-S) otimizados para os dispositivos móveis.

Ainda sobre o manuseio mobile: não utilize carrossel para seus produtos! Isso dificulta a visualização e pesquisa do usuário. Prefira exibir os produtos em listas verticais, apresentando-os individualmente ou em duplas (o próprio usuário pode escolher como prefere enxergar), bastando deslizar a tela para visualizar tudo.

  1. O usuário não consegue encontrar o que precisa

Como a tela do smartphone é pequena, o usuário quer, mais do que nunca, fazer uma busca objetiva, para não ter que passar os olhos – e os dedos – por milhares de produtos que não contêm as características que ele procura.

Se o usuário já sabe exatamente o que quer, ele vai direto ao campo de busca para digitar o item desejado. Por isso, sim, você deve mantê-lo bem visível no topo do seu site.

Smarthint
Performa.AI

Quando o usuário ainda não decidiu qual produto precisamente comprar, ele ao menos já sabe, provavelmente, o tipo de produto e algumas das características que procura. Seu e-commerce precisa, então, conter menus intuitivos e filtros de busca inteligentes, que permitam ao usuário refinar a sua pesquisa.

Importante: não carregue a página exibindo novos resultados a cada vez que o usuário selecionar uma característica nos filtros, pois ele pode querer refinar ainda mais a sua busca! Dê a liberdade para ele escolher quantas características quiser, inclusive podendo selecionar mais de uma da mesma variação (exemplos: filtrar tamanhos 40 e 41, cores preto, vermelho e azul, marcas Nike e Adidas, etc.). Ele mesmo deve selecionar “filtrar” para obter os resultados da pesquisa.

  1. Seus formulários de cadastro são assustadores

O formulário de cadastro deve exigir o mínimo de informações possíveis, somente aqueles dados que são realmente necessários para faturar e enviar o produto. É muito chato digitar informações no teclado do smartphone.

A cada informação fornecida corretamente, sinalize já na hora que a mesmo está ok, já passando automaticamente para o próximo campo a ser preenchido. Caso o usuário se esqueça de preencher algum campo obrigatório ou não complete corretamente os dados, sinalize de imediato o problema, para não fazer com que ele tente avançar e ainda precise encontrar o erro sozinho.

O primeiro dado que você pedir é o CPF. Caso seja digitado um documento que já está registrado em seu banco de dados, emita um alerta informando que o cliente já está cadastrado, para que ele não preenche tudo em vão, e já o direcione para a página de login.

Importante: otimize o teclado do smartphone, permitindo a digitação de apenas números para o campo do CPF, e sem deixar o usuário na dúvida se precisa colocar ponto (.) ou tracinho (-). Aplica-se também para os outros campos que exigem somente números ou letras. Isso tudo já facilita muito a vida do usuário.

  1. O processo de pagamento não está otimizado

Antes de tudo, é muito importante optar por gateways e intermediadores de pagamentos que facilitem a transação. Prefira por soluções que forneçam o checkout transparente, evitando o direcionamento a outro site. Dependendo do intermediador que utilizar, também é possível simplificar o pagamento por boleto. Assim que o pedido feito por boleto for concluído, habilite um botão que permita ao usuário copiar automaticamente os números do código de barras. Isso sem dúvidas irá elevar sua taxa de conversão de boletos, já que cada vez mais as pessoas estão habituadas a utilizarem aplicativos de bancos e podem fazer o pagamento imediatamente.

Para o pagamento por cartões de crédito, não exija a seleção manual da bandeira. O sistema pode identificar automaticamente quando enquanto o usuário digita o número. Da mesma forma que chamamos atenção antes, habilite apenas números no teclado para a digitação dos dados numéricos do cartão.

Caso o pagamento seja reprovado pela operadora, informe que o pedido foi cancelado e quais os possíveis motivos, habilitando um botão para refazer a compra neste mesmo instante. Assim o cliente não precisa reencontrar o produto e repetir todo o processo novamente.

Conclusão

Apesar do desktop ainda possuir, o maior volume de acessos e conversão, a tendência é que o mobile abocanhe uma fatia cada vez maior do mercado, e em breve se firme como o meio preferido de compra pelos consumidores. Na verdade, talvez até já seria assim se os usuários encontrassem uma boa experiência em seus smartphones. Está mais do que na hora de seu e-commerce encarar esta realidade e, enfim, melhorar o seu desempenho mobile.

Avatar
Anderson Herzer é fundador e sócio da Moovin, empresa de tecnologia focada no desenvolvimento de plataforma e-commerce. Profissional especialista em usabilidade, marketing digital e gestão de e-commerce.
  • Todos Fornecedores
  • Armazenamento
  • Consultoria
  • Entrega
  • Marketplace
  • Performance
  • Plataformas
    • Gestão de Anúncios
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Mídias Sociais
    • Plataforma de E-Commerce
    • Precificação Dinâmica
    • Vitrine Personalizada
  • Serviços
    • Escola Especializada
    • Logística
    • Agência Especializada
    • Redirecionamento de Encomendas
  • Soluções
 
Moovin
EZ Commerce
Rakuten
Bling
Accesstage
Mailbiz
LojaMestre
Neoassist
DLojavirtual
Dotstore
Seri.e Design
GhFly
E-Millennium
Bis2Bis
Bluefoot
F1soluções
Xtech Commerce
ComSchool
Brasil na Web
Nação Digital
E-Commerce Logística
Socialrocket
Precode
Smarthint
JET e-business
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.