Black Friday: como ganhar a atenção do consumidor em meio a uma enxurrada de ofertas?

A Black Friday, que este ano acontece no dia 24 de novembro, tem a previsão de atingir o faturamento de R$ 2,19 bilhões, conforme a Ebit. Acontece que a maior fatia de vendas pertence aos poucos e maiores varejistas do Brasil, como Dafiti, Submarino, Netshoes e Walmart, por exemplo. Então, como uma pequena/média loja virtual pode conquistar a atenção do consumidor no meio de tantas ofertas? E como disputar com os grandes varejistas?

  1. Estenda o período de realização da campanha

Concentrar as ofertas somente na sexta-feira de Black Friday, não é a melhor estratégia para pequenos e médios varejistas. Realmente, competir em apenas 24 horas com os maiores varejistas é tarefa difícil. Por isso, pense em fazer uma Black Week, Black November, etc., o que também é positivo para sua logística, atendimento e outras demandas. Iniciar as ofertas antes do dia oficial da Black Friday, garante ao consumidor a tranquilidade para aproveitar os descontos, sem enfrentar sites congestionados e correr o  risco de  produtos se esgotarem. Uma estratégia interessante é a cada dia do mês, eleger determinados produtos que estão em oferta. Assim, você cria a expectativa de que todo o dia há uma promoção diferente e o consumidor fica curioso por qual será a próxima, fazendo-o a acompanhar diariamente o seu site e divulgações.

  1. Torne os grandes varejistas em seus maiores aliados

Justamente as maiores lojas, que detém a maior parte das vendas com números estrondosos de faturamento e acessos na Black Friday, são também os marketplaces. Vender seus produtos nesses canais, ainda mais nesse período, com certeza trará ótimos resultados.

Com toda a base de consumidores que essas empresas possuem e seus elevados orçamentos de publicidade, além de suas fortes presenças físicas e online, é lógico que elas são as mais lembradas pelos consumidores. A boa notícia é que você pode vender seus produtos nessas lojas e se aproveitar de toda essa reputação e marketing, atingindo pessoas que sua loja virtual não alcançaria.

Além disso, consumidores mais experientes no e-commerce que já conhecem o sistema de marketplace, muitas vezes percebem que o item está sendo vendido por outra loja e acessa seu site para conferir se o preço está melhor ou até mesmo visualizar seus outros produtos.

  1. Firme parcerias sites comparadores de preços e de cupons de desconto

O número de acessos em sites comparadores de preço como Bondfaro, Buscapé, Google Shopping e Zoom dispara na Black Friday, já que facilitam a busca pelos preços mais baixos. Esses sites também exibem um gráfico com o histórico de alteração do preço do produto, atraindo os usuários que querem se certificar se o preço realmente está atrativo na Black Friday e se não ocorreu uma “maquiagem de preço”.  O público desses sites são pessoas objetivas, que já sabem o que querem comprar e estão em busca das melhores ofertas.

Inside Banner Mandaê

Firmar parcerias também com sites de cupons de descontos é uma ótima estratégia, pois também são muito acessados no período. O Busca Descontos inclusive é a empresa responsável por desenvolver a Black Friday no Brasil, possuindo um grande número de acessos e uma enorme base de leads interessada nas ofertas. Alguns dos sites mais visitados, além do Busca Descontos, são Cuponeria, Cuponomia, Méliuz, Promobit e 1001 cupons de descontos.

  1. Aposte nos seus produtos de nicho

Se a sua loja possui produtos de fabricação própria com um público-alvo mais específico, você não concorre exatamente com os grandes varejistas, já que estes geralmente vendem de tudo e por isso possuem uma comunicação mais massiva. Torna-se muito mais fácil para você criar ações mais eficientes e atingir as pessoas certas. Nesse caso, você provavelmente já possui uma base de leads que, apesar de que talvez não seja muito grande, são mais identificadas com sua marca e realmente interessadas nas suas ofertas.

Atuar num segmento específico transmite ao consumidor o sentido de que sua loja é especialista naquele assunto. Pensando já mais a frente, considere criar um blog para publicar conteúdo autêntico e que interesse ao seu público, o que contribuirá muito para seu posicionamento nos resultados de busca orgânica, atrair potenciais compradores e dialogar com os clientes.

  1. Ofereça outras vantagens além do preço

É quase impossível conseguir oferecer o preço mais baixo do mercado, principalmente na Black Friday, quando as ofertas são ainda maiores. Portanto, pense em quais diferenciais você é capaz de oferecer ao cliente. Se você não pode baixar o preço de um único produto, estude a possibilidade de montar um kit de itens com um valor atrativo ou oferecer um brinde bacana, por exemplo. Ou talvez ofereça um cupom de desconto para ser utilizado na próxima compra.

Nesse período, muitas lojas precisam aumentar o prazo de entrega devido a maior demanda e se atrapalham com o atendimento. Se você for capaz de explorar essas fraquezas da concorrência, ponto positivo para você.

Conclusão

Tenha humildade e aceite que os grandes varejistas continuarão com a maior fatia do mercado. Mas isso não precisa ser um problema. Vender em marketplaces é uma ótima oportunidade para tirar proveito da força dessas empresas. Além disso, você possui inúmeras alternativas para divulgar sua loja e produtos e, se planejar e investir com inteligência, com certeza terá uma Black Friday de sucesso.

Anderson Herzer é fundador e sócio da Moovin, empresa de tecnologia focada no desenvolvimento de plataforma e-commerce. Profissional especialista em usabilidade, marketing digital e gestão de e-commerce.

  • Todos Fornecedores
  • Armazenamento
  • Consultoria
  • Entrega
  • Marketplace
  • Performance
  • Plataformas
    • Gestão de Anúncios
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Mídias Sociais
    • Plataforma de E-Commerce
    • Precificação Dinâmica
  • Serviços
    • Escola Especializada
    • Logística
    • Agência Especializada
    • Redirecionamento de Encomendas
  • Soluções
 
Moovin
EZ Commerce
Rakuten
Bling
Accesstage
Mailbiz
LojaMestre
E-Goi
Neoassist
DLojavirtual
Dotstore
Ciashop
Seri.e Design
GhFly
E-Millennium
Bis2Bis
Bluefoot
F1soluções
Xtech Commerce
ComSchool
Brasil na Web
Nação Digital
Trezo
E-Commerce Logística
Softvar
World Pay
Socialrocket
Mandaê
E-completo
Precode
Adena
Eccosys
Loja Integrada
Arroba
Alfa ERP
IHouse Web
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here