Como calcular seu lead time de compras?

Zoom revela os melhores horários para comprar na Black Friday

Já ouviu falar sobre lead time? Ele é o tempo total que um produto leva para ser entregue, da sua empresa ou fornecedor até o consumidor final – passando por todas as etapas de produção do pedido. Saber calcular esse dado corretamente é uma prática que traz muitos benefícios para as operações da companhia e para o atendimento ao cliente. Conhecimentos oportunos para o planejamento estratégico de qualquer organização.

Para conseguir calcular corretamente o lead time, é preciso ter em mente alguns passos importantes. Antes de mais nada é preciso elaborar uma lista com os produtos requisitados. Crie um documento com todas as matérias-primas adquiridas para fabricação de cada item a ser vendido. Essa tabela também deve conter serviços de consertos ou instalações, caso esses procedimentos sejam necessários para a finalização do produto.

Na sequência, procure conhecer o período necessário de compra de cada um dos itens listados e organize essa informação na mesma lista/tabela. Um pedido pode demorar cerca de 5 dias ou mais para ser entregue. Calcule uma margem de segurança de alguns dias levando em conta imprevistos do transporte.

Outro ponto importante que deve ser considerado é se o fornecedor trabalha apenas com dias úteis, por exemplo. Nesse caso, não inclua os dias do fim de semana nessa previsão. Itens com prazos de entrega mais longos devem estar em destaque na lista. Anote com precisão o tempo de espera necessário para sua chegada. Caso disponha de inventário de insumos para começar a produção, atribua um lead time de um dia para que a fabricação desse item se inicie.

Smarthint
Ciclo Agência Digital – Inside
Rakuten EXPO Inside
olist

Além disso, procure fazer análises e registros: quanto tempo é necessário para que sua empresa produza um lote de um determinado produto após o recebimento dos insumos essenciais? Inclua nesse período fins de semana, feriados, imprevistos, atrasos e manutenções que possam acontecer.

Outro aspecto a ser considerado: as máquinas necessárias para a produção estão funcionando em perfeito estado? Caso precisem de reparos, o tempo final pode sofrer alterações.

Se sua empresa é fornecedora de um serviço, verifique se o funcionário responsável e os equipamentos estão com agenda disponível, caso contrário, inclua uma margem de atraso no lead time.

Não se esqueça de somar o tempo de espera necessário para os insumos de um produto — ou para conseguir uma equipe para agendar a instalação de um serviço — com o período exigido para a fabricação de um item ou finalização de um trabalho.

Esse total que une os pontos de espera pelo pedido e término da produção representa o lead time que um item demora a estar disponível para entrega ao cliente.

Marcos Roig
Marcos Roig é gerente comercial do Mercado Eletrônico.
  • Todos Fornecedores
  • Armazenamento
  • Consultoria
  • Entrega
  • Marketplace
  • Performance
  • Plataformas
    • Gestão de Anúncios
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Mídias Sociais
    • Plataforma de E-Commerce
    • Precificação Dinâmica
    • Vitrine Personalizada
  • Serviços
    • Escola Especializada
    • Logística
    • Agência Especializada
    • Redirecionamento de Encomendas
  • Soluções
 
Moovin
EZ Commerce
Rakuten
Bling
Accesstage
Mailbiz
LojaMestre
E-Goi
Neoassist
DLojavirtual
Dotstore
Ciashop
Seri.e Design
GhFly
E-Millennium
Bis2Bis
Bluefoot
F1soluções
Xtech Commerce
ComSchool
Brasil na Web
Nação Digital
Trezo
E-Commerce Logística
World Pay
Socialrocket
E-completo
Precode
IHouse Web
Smarthint
JET e-business
Ciclo
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.