Faturamento do e-commerce no Natal 2018 foi de R$9,9 bilhões (alta de 13,5%)

O Natal acabou de passar e fechou com chave de ouro a maratona de datas sazonais de 2018. Os dados comprovam que as lojas virtuais estão cada vez mais enraizadas na cultura dos brasileiros, que adotaram essa forma de comprar devido às diversas vantagens.

O Webshoppers 38 (maior estudo do ramo do e-commerce) mostrou que o comércio eletrônico cresceu 12% o seu faturamento no primeiro semestre de 2018 e a tendência para esse segundo semestre é que se mantenha esses 12%, atingindo R$ 53,4 bilhões em vendas – há quem diga que depois dos valores referentes ao Natal, o faturamento total de 2018 pode superar essa estimativa.

Agora, veja só o faturamento nas datas sazonais neste ano, segundo dados do Ebit: Dia das Mães – R$2,11 bilhões (+12%); Dia dos Pais – R$2,1 bilhões (+8%); Dia das Crianças – R$1,82 bilhões (+5%); Black Friday – R$2,6 bilhões (+23%); e, por fim, Natal – R$9,9 bilhões (+13,5%).

Podemos ver que todos os valores cresceram bastante (e olha que estamos falando do crescimento só a nível nacional…), o que nos mostra que o e-commerce definitivamente não é mais coisa do futuro, ele é o presente – e veio para ficar!

Sobre o Natal

Mais uma vez, o Natal honrou o seu título de melhor data sazonal para o comércio eletrônico. E sabe o que torna ele é tão especial assim? Porque engloba todos os públicos (afinal, quem não gosta de ganhar presente, não é mesmo?!). Essa data não diz só sobre os presentes: ela movimenta, direta ou indiretamente, diversos setores (produtos alimentícios para a ceia, enfeites de decoração, roupas e acessórios, brinquedos, etc.).

Dados Ebit|Nielsen

Performa.AI
Smarthint
olist
Edrone

Segundo o Ebit|Nielsen, empresa especializada em dados do comércio eletrônico, o faturamento do Natal 2018 foi de R$9,9 bilhões (crescimento de 13,5% na comparação com os R$8,7 bilhões registrados no mesmo período do ano passado). O número de pedidos saltou de 19,06 milhões para 20,1 milhões, expandindo 5,2%. O ticket médio, por fim, subiu 8%, de R$457,00 para R$493,00.

Esse levantamento foi realizado com base nas vendas virtuais realizadas entre 15 de novembro e 24 de dezembro, isso significa que engloba os valores da Black Friday (uma das melhores datas sazonais para o comércio eletrônico). Ainda de acordo com a mesma empresa, o evento de novembro foi responsável por 26% do valor do faturamento (correspondente a R$2,6 bilhões) e 21,2% do total de pedidos (4,27 milhões) – ainda assim, isso não diminui o protagonismo da data natalina.

Categorias que mais venderam

As categorias que mais se destacaram durante o Natal quanto a quantidade de pedidos foram eletrodomésticos (14,4%), perfumaria e cosméticos (10,4%), moda e acessórios (10,1%), casa e decoração (9,8%), telefonia e celulares (7,6%), livros (7,4%), saúde (6,3%), informática (5,1%), esporte e lazer (5,1%) e eletrônicos (3,8%).

Já quanto ao faturamento, as categorias que se destacaram foram eletrodomésticos (24,4%), telefonia e celulares (19,4%), casa e decoração (9,1%), eletrônicos (8,5%), informática (8,1%), perfumaria e cosméticos (3,9%), moda e assessórios (3,8%), esporte e lazer (2,7%), saúde (2,4%) e acessórios automotivos (2,3%).

Resultados surpreendentes

Para Ana Szasz, diretora comercial da Ebit|Nielsen, “foi um ano de crescimento muito positivo, impulsionado pela chegada de novos e-consumidores. Devemos concluí-lo com quase 10 milhões de novos usuários, ou seja, um em cada seis usuários comprou online pela primeira vez em 2018. A expansão do mercado de smartphones trouxe essa nova gama para o e-commerce. A meta do setor agora é fidelizar esse público”.

Avatar
Felipe Martins possui mais de 10 anos de experiência com internet e é fundador e presidente da empresa Dotstore, especializada em desenvolvimento e assessoria na criação de lojas virtuais. Atendendo pequenas, médias e grandes empresas, atualmente conta com uma carteira de quase 1000 lojistas utilizando sua plataforma das mais diversas maneiras possíveis.
  • Todos Fornecedores
  • Armazenamento
  • Consultoria
  • Entrega
  • Marketplace
  • Performance
  • Plataformas
    • Gestão de Anúncios
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Mídias Sociais
    • Plataforma de E-Commerce
    • Precificação Dinâmica
    • Vitrine Personalizada
  • Serviços
    • Escola Especializada
    • Logística
    • Agência Especializada
    • Redirecionamento de Encomendas
  • Soluções
 
Moovin
EZ Commerce
Rakuten
Bling
Accesstage
Mailbiz
LojaMestre
Neoassist
DLojavirtual
Dotstore
Seri.e Design
GhFly
E-Millennium
Bis2Bis
Bluefoot
F1soluções
Xtech Commerce
ComSchool
Brasil na Web
Nação Digital
E-Commerce Logística
Socialrocket
Precode
Smarthint
JET e-business
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.