Inovação no e-commerce: a chave para a sobrevivência de um varejista

Com as mudanças de comportamento de consumo, se destacam a alternância entre pontos físicos e digitais para a compra, o aumento da conectividade, a falta de tempo e a supervalorização da conveniência. O e-commerce, conhecido por ser em parte um dos grandes direcionadores desse novo comportamento, teve que se reinventar.

O fácil acesso da informação, trazido pela internet e suas inúmeras formas de busca, transformou o mercado digital em um mercado puramente price taker, em que o consumidor dita o preço e as empresas são “obrigadas” a cumpri-lo. Isso porque, com a facilidade de comparação e a pouca diversidade das características técnicas do produto, o consumidor opta por uma racionalização de compra voltada para o valor mais baixo. Nesse ponto é preciso se reinventar, sob pena de uma guerra de preços sem fim.

O conceito de inovação nos modelos de negócios, trazido pela palestra “Inovação no E-commerce: A chave para a sobrevivência de um varejista” traz à tona este debate. A apresentação mostrou duas duas empresas que carregam em seu DNA modelos de negócios que tem se mostrado como tendência mundial: a Rocksbox Jewelry e a Boxed Wholesale.

Performa.AI
olist
Smarthint

A Rocksbox Jewelry se apresenta como um serviço de assinatura de joias, que movimentou o mercado americano desde o seu surgimento. Com milhares de adesões em um curto espaço de tempo, o cliente contrata por meio de um pagamento mensal, de U$19,00, e efetua a locação de 3 peças, definidas de acordo com seu estilo pessoal e a tendência de moda vigente. A troca dessa cesta de produtos pode ser efetuada de acordo com sua conveniência, não havendo período mínimo ou máximo de utilização das mercadorias, somente o limite das 3 peças. Quando o cliente estiver pronto para atualizar seu conjunto, basta colocar sua caixa de volta no correio. O tema de serviços de assinatura já é, há muito, debatido nos fóruns de varejo americanos e europeus, com influências também no mercado nacional, embora em menor escala.

A Boxed Wholesale, por sua vez, traz como inovação a compra por refil. Fundada em 2013 por um grupo de empreendedores americanos, a empresa desenvolve sua estratégia com base em uma ideia simples: fazer as compras de uso contínuo e, com base na reposição, de forma conveniente e divertida, permitindo que o cliente tenha tempo livre para que possa aproveitar as coisas de que mais gosta. O modelo tem tido muito sucesso, e em apenas 3 anos a empresa foi destaque em uma série de veículos de negócios, tendo recebido prêmios de atuação pelo seu modo divertido de encarar essa rotina de reposição.

Ambas as empresas inovam em seu modelo de negócios e na comunicação com o cliente, com o uso do e-commerce como plataforma para o alcance de seu sucesso de uma maneira não transacional e continuada.

Patricia Cotti é Diretora Executiva do IBEVAR – Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo.
  • Todos Fornecedores
  • Armazenamento
  • Consultoria
  • Entrega
  • Marketplace
  • Performance
  • Plataformas
    • Gestão de Anúncios
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Mídias Sociais
    • Plataforma de E-Commerce
    • Precificação Dinâmica
    • Vitrine Personalizada
  • Serviços
    • Escola Especializada
    • Logística
    • Agência Especializada
    • Redirecionamento de Encomendas
  • Soluções
 
Moovin
EZ Commerce
Rakuten
Bling
Accesstage
Mailbiz
LojaMestre
E-Goi
Neoassist
DLojavirtual
Dotstore
Ciashop
Seri.e Design
GhFly
E-Millennium
Bis2Bis
Bluefoot
F1soluções
Xtech Commerce
ComSchool
Brasil na Web
Nação Digital
Trezo
E-Commerce Logística
World Pay
Socialrocket
E-completo
Precode
IHouse Web
Smarthint
JET e-business
Ciclo
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.