Investir em sistemas antifraudes não é luxo, é necessidade

App de segurança colaborativa envia alerta com localização em tempo real

O número de fraudes virtuais no Brasil cresce consideravelmente ano após ano. Em 2016, 42 milhões de brasileiros foram vítimas de crimes online, 10% a mais do que 2015. De acordo com a Norton, provedora global de soluções de segurança cibernética, o prejuízo total da prática para o país foi de US$ 10,3 bilhões.

Com cifras nada tímidas, apostar em sistemas antifraude não é luxo, mas necessidade. Seja no segmento físico ou no online, nenhum negócio está imune a passar por qualquer tipo de violação. Apesar do montante investido em medidas contra ameaças – foram US$ 5,5 bilhões em 2016 segundo a Kroll – as empresas precisam adotar inteligência no processo, otimizando suas operações.

Há diversas formas de se evitar uma violação. Uma delas é contratar um sistema de confirmação cadastral, para identificar as possíveis fraudes em compras online. Assim, há a validação de informações como idade, telefone, nome de parentes e até o signo dos clientes no ato da compra. Isso faz com que todas as transações sejam analisadas, não apenas as classificadas como ‘possíveis golpes´.

Essas soluções auxiliam as companhias na prevenção de golpes por reunir e solicitar dados variados e pessoais que o fraudador não tem sobre a vítima. Além disso, são bem mais baratas do que uma análise completa de antifraude. E-commerces, lojas que abrem crediário para os consumidores, bancos digitais, empresas que administram campanhas de fidelidade podem investir em tais medidas.

Inside Banner Mandaê
Loja Integrada – Inside
Rakuten Expo 2017 – Inside

Antifraude em lojas e-commerce

Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), a previsão de receita para o comércio eletrônico em 2017 será de R$ 60 bilhões. Nada bobos, os hackers se aproveitam de qualquer brecha para realizar os ataques, que geralmente acontecem por meio de robôs que fazem testes de segurança em diversas páginas e servidores. No caso do comércio online, o mais comum é o roubo de dados dos clientes.

Para auxiliar análises antifraude em processos de aprovação de crédito, a UnitFour criou o CheckApp. A solução funciona em formato de quiz, apresentando questões alternativas sobre dados cadastrais do consumidor e analisando a probabilidade de golpes. Todas as informações são extraídas após o comprador informar o CPF.

Assim, é possível gerenciar e personalizar a plataforma do jeito que desejar. Além disso, há uma triagem inicial, ou seja, quem não é enquadrado no perfil de fraudador tem a liberação da sua compra em um tempo ainda menor.

A solução é um investimento essencial para qualquer e-commerce, pois a ausência de um sistema antifraude pode acarretar em grandes prejuízos – em dinheiro e em reputação – para o seu negócio.

Gabriel Teixeira
Gabriel Teixeira é sócio-fundador da Unitfour, empresa brasileira referência em fornecimento de dados para as áreas de cobrança, call centers, risco, crédito, antifraude, CRM, e marketing – www.unitfour.com.br
  • Todos Fornecedores
  • Consultoria
  • Marketplace
  • Performance
  • Plataformas
    • Gestão de Anúncios
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Mídias Sociais
    • Plataforma de E-Commerce
    • Precificação Dinâmica
  • Serviços
    • Escola Especializada
    • Logística
    • Agência Especializada
    • Redirecionamento de Encomendas
 
Moovin
EZ Commerce
Rakuten
Bling
Accesstage
Mailbiz
LojaMestre
E-Goi
Neoassist
DLojavirtual
Dotstore
Ciashop
Seri.e Design
Web Jump
GhFly
E-Millennium
Bis2Bis
Bluefoot
F1soluções
Enviou
Xtech Commerce
ComSchool
Brasil na Web
Nação Digital
Trezo
E-Commerce Logística
Softvar
SoS Loja Virtual
World Pay
Tray
Socialrocket
Qwintry
Mandaê
E-completo
Braspag
Precode
Adena
Loja Integrada
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here