O que fazer para garantir a escalabilidade de um negócio online?

A escalabilidade de negócio é o objetivo de vários gestores à frente de lojas virtuais, porém, com o crescimento da concorrência no ambiente digital, alcançar esse propósito se tornou um grande desafio.

Contudo, isso é possível se você adotar uma série de estratégias que já são empregadas por e-commerces de sucesso, adaptando-as às necessidades da sua empresa.

Para ajudar o seu empreendimento a decolar com resultados expressivos em diferentes frentes de atuação, separamos dicas para negócio online que podem ser úteis. Confira a seguir!

Planeje a aquisição de novos clientes em meios diferentes

Para conseguir escalar seu e-commerce, primeiramente você deve planejar diferentes formas de captar e atender clientes. Na internet, os meios mais utilizados são:

– Motores de buscas, como Google e Bing, em que se empregam técnicas de Search Engine Optimization (SEO), Search Engine Marketing (SEM) e anúncios por meio de links patrocinados;

– Redes sociais, nas quais é importante mesclar posts com anúncios para aumentar o alcance da marca em relação aos usuários. Também é recomendado participar de grupos, responder comentários e mensagens e interagir sempre que possível para estabelecer um bom relacionamento com possíveis clientes;

– Newsletter e e-mail marketing, nos quais é essencial aplicar o funil de vendas e a análise da jornada de compra do consumidor para estabelecer estratégias de envios de conteúdos otimizados. Desse modo, trabalhará o usuário desde o momento em que ele entra em contato com o e-commerce e se torna um lead até ocorrer a conversão.

Tenha um site otimizado

Sites responsivos são projetados e construídos para se adaptarem a qualquer tipo de dispositivo que acessa a internet e a qualquer resolução, com o mínimo de distorções de modo a aproveitar os espaços adequadamente.

O grande ganho desse tipo de site está na boa experiência de navegação fornecida ao leitor, que consegue ler sem dificuldades o conteúdo e encontrar mais facilmente o que procura. Também é preciso que ele seja rápido em carregar, para aprimorar ainda mais a interação do público com a loja virtual.

Aliás, segundo dados do think whit Google, se internautas acessarem sua página por dispositivos móveis e o carregamento for lento ou eles não acharem o que desejam, 29% desistem e mudam para outros sites.

Além disso, é importante encurtar o número de passos para as conclusões de compras. Isso porque 67% desses que saem das páginas fazem isso por causa das muitas etapas para comprar ou para conseguir informações desejadas.

Ademais, reforce a comunicação em seu e-commerce, deixando claro as várias formas de contato, como números de telefone, páginas e perfis em redes sociais, e-mails etc. Nesse ponto, vale atenção especial aos chats onlines, já que eles podem ser mais facilmente acessados (o usuário não precisa sair da loja virtual).

Atualmente, muitos e-commerces estão optando pelos chatbots, programas que interagem com usuários repassando informações de seus bancos de dados e, assim, acelerando o atendimento para dúvidas e questões mais simples. Eles dão suporte para o aumento de escala do e-commerce, já que conseguem atender, simultaneamente, centenas ou milhares de usuários.

De acordo com a pesquisa Chatbot Survey 2017, feita com 300 executivos pela consultoria MindBowser, em conjunto com o Chatbots Journal, 67% dos líderes ouvidos consideram que chatbots superarão apps em performance em até cinco anos.

Utilize elementos de gamificação

Empregar elementos de jogos em seu site pode ajudar a reter a atenção dos usuários e a aumentar as vendas. Isso porque os games fazem parte da vida dos brasileiros, como aponta um estudo feito pela NPD Group, que constatou que 82% dos brasileiros, entre 13 e 59 anos, jogam algum tipo de jogo nas mais diversas plataformas.

Tal fato pode ser aproveitado por meio da gamificação no e-commerce, que torna a navegação mais descontraída e envolvente, colaborando para o aumento nas vendas. Isso pode ser efetuado com o emprego de:

– Pontuações a cada compra, que podem gerar descontos futuramente;

– Rankings com níveis que os clientes alcançam;

– Estágios que são superados por determinadas ações;

– Atualização de status em tempo real, apresentando linhas do tempo, de progressão, de “fases” que faltam para a conclusão de compras etc.

Organize a expansão de ações de marketing e branding

Quanto maior é a divulgação da marca de seu e-commerce, maior é a possibilidade de elevar as vendas e obter escalabilidade de negócio. Por isso, é importante investir em muitas ações de marketing e branding.

No entanto, isso deve ser feito de forma coordenada e planejada, pois uma grande elevação nas buscas pela marca sem uma correspondente melhora na estrutura da loja virtual pode ocasionar problemas, como veremos adiante. Feito isso, a dica é diversificar suas estratégias mercadológicas, passando a aplicar em sua loja virtual:

– Inbound Marketing — busca captar mais consumidores por meio de ações educativas com base em conteúdos de qualidade e uso de mídias sociais com maior dinamismo e eficiência. Essa estratégia pretende trabalhar o cliente fazendo com que ele vá até o seu negócio digital;

Smarthint
olist

– Marketing de Conteúdo — foca na produção de conteúdo relevante (post blog, postagens em redes sociais, e-books etc.), que solucione dores dos clientes e, assim, gere um bom relacionamento, direcionando-os até a conversão;

– Loyalty Marketing (Marketing de Fidelidade) — envolve ações, programas e cartões de fidelização;

– Marketing promocional — busca despertar no público o desejo e a necessidade por determinado serviço/produto. Utiliza-se de entregas de brindes, realização de sorteios, envios de amostras grátis aos clientes etc;

– Marketing mobile — marketing focado no ambiente móvel, que tem crescido nos últimos anos e se tornado essencial. Segundo a pesquisa TIC Domicílios 2016, 43% dos usuários acessaram a internet na época do estudo somente por dispositivos móveis, sendo que 51% fizeram isso tanto nesses equipamentos quanto em computadores.

Estruture ações para elevar o faturamento e o lucro

É importante buscar continuamente ações de marketing, de vendas, de relacionamento e de aumento da satisfação do público etc. para elevar o faturamento e o lucro. Para você conseguir isso, existem algumas dicas para negócio online recomendadas, como:

– Investir em promoções frequentes, aproveitando épocas de maior venda, como Natal, Dia das Mães, Dia das Crianças, Dia dos Pais e Black Friday;

– Realizar ofertas vantajosas. Atualmente, empresas de comparação de preços, como Buscapé e Zoom, fornecem ferramentas para internautas monitorarem a variação de preços dos produtos. Dessa forma, eles ficam cientes de quando uma oferta é realmente vantajosa;

– Efetuar campanhas de fidelidade, pois clientes leais costumam comprar mais vezes com as mesmas empresas. Exemplos de estratégias bem-sucedidas são os programas de milhas das companhias aéreas e os de acúmulo de pontos em supermercados, livrarias, grandes varejistas etc.

Invista em segurança virtual para proteger a escalabilidade do negócio

É importante investir em Certificado SSL para o seu e-commerce, de modo a proteger a transmissão de dados dos seus consumidores e do site.

Isso também passa maior confiança aos clientes na hora de realizarem compras, pois o certificado SSL pode ser visto por meio de um cadeado verde na lateral da barra de endereço.

Além do mais, quem tem esse certificado ganha pontos com o Google, havendo maior tendência de aparecer no topo dos resultados das pesquisas desse motor de buscas.

Empregue ações offline para colaborar com seu e-commerce

Ações offline também podem ser adotadas para aumentar a escalabilidade de negócio, além de melhorar o relacionamento com os consumidores. Para isso, você pode enviar brindes, cupons, cartões de férias personalizados, entre outros itens que mostrem o quão especiais são os clientes para o seu negócio.

Um exemplo de sucesso é o Nubank, empresa digital que oferece um cartão de crédito virtual. Sua equipe envia cartas escritas à mão para seus clientes, além de brindes, fotos e outros. Dessa forma, consegue tornar seu atendimento mais humanizado, além de obter um bom marketing boca a boca que ajuda a empresa a captar mais consumidores.

Coordene antecipadamente o aumento das vendas

É importante estimar e manter um controle sobre o aumento das vendas para que todos os setores de seu e-commerce consigam acompanhar a elevação das demandas organizacionais que isso requer. Somente assim, o ganho de escalabilidade será positivo, ou seja, virá acompanhado de boa lucratividade e sustentabilidade.

Caso contrário, o aumento das vendas pode gerar atrasos, faltas de produtos, envios equivocados e uma série de problemas que podem minar a reputação da sua loja virtual.

Para evitar isso, estabeleça indicadores de desempenho, reforce seus estoques e, se necessário, aumente sua equipe de profissionais para dar conta do volume de trabalho que tenderá a aumentar com o crescimento do negócio.

Adote uma plataforma escalável e robusta

De nada adianta elevar o número de acessos ao seu e-commerce, se o sistema que o mantém não consegue lidar com esse aumento, gerando quedas, travamentos e outros transtornos aos usuários. Para se prevenir disso, é fundamental adotar uma plataforma eficiente que ofereça:

– Boa escalabilidade, suportando a elevação da quantidade de acessos;

– Personalização para seus produtos e serviços, facilitando a adaptação deles às estratégias mencionadas acima;

– Customizações no código para o desenvolvimento de funcionalidades estratégicas, como as de gamificação;

– Layout full responsivo, colaborando para a boa experiência dos usuários;

– Unidade de atendimento personalizada, que atenda você e sua equipe durante todo o relacionamento. Isso é importante para a resolução rápida de falhas, quedas de páginas e outros problemas que podem afetar seu e-commerce.

Todas as dicas para negócio online apontadas podem trazer bom ganho e controle de escalabilidade de negócio. Contudo, se tiver dificuldades em colocá-las em prática, é recomendado recorrer aos serviços de uma agência de e-commerce. Ela poderá contribuir com conhecimentos de divulgação e marketing importantes para a promoção de sua loja virtual.

Gustavo Chapchap
Trabalha com Comunicação há mais de 10 anos. Redigiu o projeto que originou o Dia do Profissional Digital #404DigitalDay aprovado no plenário da Câmara Municipal da Cidade de São Paulo em 2014. Colaborou com o lançamento do Guia de e-Commerce ABRADi-SP Sebrae-SP escrevendo o capítulo de plataformas, atua como Marketing Director na JET e-business.
  • Todos Fornecedores
  • Armazenamento
  • Consultoria
  • Entrega
  • Marketplace
  • Performance
  • Plataformas
    • Gestão de Anúncios
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Mídias Sociais
    • Plataforma de E-Commerce
    • Precificação Dinâmica
    • Vitrine Personalizada
  • Serviços
    • Escola Especializada
    • Logística
    • Agência Especializada
    • Redirecionamento de Encomendas
  • Soluções
 
Moovin
EZ Commerce
Rakuten
Bling
Accesstage
Mailbiz
LojaMestre
E-Goi
Neoassist
DLojavirtual
Dotstore
Ciashop
Seri.e Design
GhFly
E-Millennium
Bis2Bis
Bluefoot
F1soluções
Xtech Commerce
ComSchool
Brasil na Web
Nação Digital
Trezo
E-Commerce Logística
World Pay
Socialrocket
E-completo
Precode
IHouse Web
Smarthint
JET e-business
Ciclo
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.