Panorama geral sobre o e-commerce em 2018

Recentemente, saiu a 39ª edição do Webshoppers, relatório referente ao ano de 2018 feito pelo Ebit que avalia o comércio virtual brasileiro (a evolução, tendências, estimativas, mudanças de comportamento dos consumidores, preferências dos clientes, entre outros). Vamos adiantar para vocês uma coisa: o e-commerce faturou R$53,2 bilhões, teve 123 milhões de pedidos realizados e ticket médio de R$434,00! Continue lendo este artigo para saber muitos outros dados:

Dados Gerais

O faturamento do comércio eletrônico aumentou 12% em relação ao ano anterior (2017), passando de R$47,7 bilhões para R$53,2 bilhões – estima-se que, em 2019, esse valor cresça 15%, chegando em R$61,2 bilhões!

A quantidade de pedidos realizados teve uma alta de 11%, assim, subiu de 111 milhões para 123 milhões – para esse ano (2019), espera-se que esse valor aumente mais ainda (cerca de 12%) e atinja 137 milhões de pedidos.

Por fim, o ticket médio aumentou também, indo de R$429,00 para R$434,00 (sendo este o maior valor já registrado no e-commerce brasileiro) – a estimativa para 2019 é que haja um crescimento de 3% neste valor e chegue em R$447,00.

Animador, não é mesmo?! Mas, calma, os dados não param por aí: foram quase 10 milhões de novos usuários que fizeram sua primeira compra virtual no ano, o que resultou em 58 milhões de consumidores ativos – isso representa 27% da população brasileira e um crescimento de 6% em relação a 2017!

Categorias

Em 2018, os produtos de Perfumaria, Cosméticos e Saúde passaram a liderar o ranking de produtos com maior número de pedidos (16,4% de participação). Em seguida, temos moda e acessórios (13,6%), casa e decoração (11,1%), eletrodomésticos (10,6%), livros/assinaturas/apostilas (7,5%), telefonia/celulares (7,1%), esporte e lazer (6,4%), informática (5,2%), alimentos e bebidas (4,5%) e eletrônicos (3,6%).

Entre 2017 e 2018, as variações nos números de pedidos de cada categoria foram: perfumaria/cosméticos/saúde – 51%, informática – 27%, alimentos e bebidas – 23%, casa e decoração – 16%, esporte e lazer – 10%, eletrônicos – 10%, eletrodomésticos – 8% e moda e acessórios – 6%.

Quanto ao faturamento, o campeão foi eletrodoméstico (19,6% de participação). Depois, temos telefonia/celulares (18,2%), casa e decoração (10%), informática (9,6%), eletrônicos (9,5%), perfumaria/cosméticos/saúde (6,8%), moda e acessórios (5,6%), esporte e lazer (3,6%), acessórios automotivos (2,5%) e alimentos e bebidas (2,2%).

O ticket médio de cada categoria foi: eletrônicos – R$1.158,00, eletrodomésticos – R$804,00, informática – R$802,00, casa e decoração – R$391,00, esporte e lazer – R$246,00, alimentos e bebidas – R$219,00, perfumaria/cosméticos/saúde – R$181,00 e moda e acessórios – R$177,00.

Performa.AI

Mobile

Estamos sempre falando sobre a importância de investir em web mobile, porque é o futuro do e-commerce (e esse futuro está bem perto) e, mais uma vez, os dados do Ebit estão provando isso: em 2018, o número de pedidos realizados por smartphones e dispositivos móveis aumentou 41%!

Entre 2017 e 2018, as variações nos números de pedidos de cada categoria através do m-commerce foram bastante expressivas: perfumaria/cosméticos/saúde – 112%, moda e acessórios – 59%, esporte e lazer – 40%, casa e decoração – 38% e eletrodomésticos – 25%.

A quesito de comparação, para você ver como o m-commerce é importante, vamos pegar os dados referentes a variação no número de pedidos total do e-commerce: perfumaria/cosméticos/saúde – 51%, moda e acessórios – 6%, esporte e lazer – 10%, casa e decoração – 16% e eletrodomésticos – 8%.

Por fim, mais um dado sobre isso: 7 em cada 10 brasileiros já possuem um smartphone, sendo que ele é o item que a população com menor renda opta por ter (ao invés do computador). Ou seja, além de elevar a quantidade de vendas da categoria de telefonia/celulares, isso fortalece também o mobile commerce.

Meios de Pagamento

O número pagamentos à vista subiu 4%, sendo escolhido por 54,2% das compras (com ticket médio de R$345,00); 19,0% dos pedidos foram parcelados em 2 ou 3 vezes (ticket médio de R$233,00); e 26,8% das compras foram parceladas em mais de 4 vezes (essa opção segue como a opção mais viável para pedidos com ticket médio mais elevado – R$754,00).

Comportamento do consumidor

Por fim, vamos falar um pouco sobre o comportamento do consumidor. Sabemos que o perfil dos consumidores está mudando. Atualmente, temos pessoas mais contestadoras e conscientes, o que acaba repercutindo em compras mais racionais.

Elas também são mais conectadas aos smartphones que, quando unido à popularização da internet, conseguem qualquer informação de onde estiver e quando quiser, assumindo certo protagonismo. Isso significa que não existe mais embate entre os mundos “on” e “off”: a equação agora é “on+off”.

Conclusão

Para finalizar, gostaríamos de contar a última coisa: tivemos uma surpresa bastante positiva nessa edição que foi o crescimento de 27% no faturamento do Nordeste (chegando a R$7 bilhões) e ticket médio de R$479,00, sendo a região que mais cresceu em 2018! Levando em consideração os dados nacionais, a região representou 13,2% de participação no faturamento do país e 12% em número de pedidos do e-commerce!

Avatar
Felipe Martins possui mais de 10 anos de experiência com internet e é fundador e presidente da empresa Dotstore, especializada em desenvolvimento e assessoria na criação de lojas virtuais. Atendendo pequenas, médias e grandes empresas, atualmente conta com uma carteira de quase 1000 lojistas utilizando sua plataforma das mais diversas maneiras possíveis.
  • Todos Fornecedores
  • Armazenamento
  • Consultoria
  • Entrega
  • Marketplace
  • Performance
  • Plataformas
    • Gestão de Anúncios
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Mídias Sociais
    • Plataforma de E-Commerce
    • Precificação Dinâmica
    • Vitrine Personalizada
  • Serviços
    • Escola Especializada
    • Logística
    • Agência Especializada
    • Redirecionamento de Encomendas
  • Soluções
 
Moovin
EZ Commerce
Rakuten
Bling
Accesstage
Mailbiz
LojaMestre
Neoassist
DLojavirtual
Dotstore
Seri.e Design
GhFly
E-Millennium
Bis2Bis
Bluefoot
F1 Commerce
Xtech Commerce
ComSchool
Brasil na Web
Nação Digital
E-Commerce Logística
Socialrocket
Precode
Smarthint
JET e-business
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.