Você sabe o que é Design Thinking?

Nos últimos anos, as mudanças tecnológicas e a globalização influenciaram diretamente no mercado, principalmente no que diz respeito ao e-commerce. Do lado de lá, temos os consumidores expostos a uma gama de produtos com características e funcionalidade parecidas e os mais variados preços. Do lado de cá, temos a massificar da produção para reduzir custos e investimentos para se diferenciar dos demais, ficando, muitas vezes, a mercê dos clientes, porque nem sempre sabemos o que eles querem. O mercado está muito volátil: um produto considerado novo agora, passa a ser desatualizado segundos depois.

A grande dúvida é: como se destacar nesse meio? Sabemos que é preciso chamar a atenção do consumidor através de itens diferenciados e inovadores, mas como fazer isso? Precisa encontrar uma forma de tirar o foco exclusivo do produto e tentar proporcionar uma experiência única e incrível ao cliente, suprindo suas exigências e fazendo-o superar sua expectativa para tentar conquistar a fidelidade dele à marca.

Se o filósofo holandês Spinoza pudesse nos dar um conselho, diria para utilizarmos o afeto. Segundo ele, o afeto é um sentimento que acomete o corpo e a alma e se origina do encontro entre os seres, podendo aumentar ou diminuir nossa potência de agir. Ou seja, para desviar da concorrência e se sobressair, as empresas precisam criar modelos de negócio inovadores, apostando em um relacionamento mais próximo e humano, com contato emocional com o cliente para aumentar o afeto e, consequentemente, deixar positiva a potência de agir – as empresas estão apostando no afeto.

O que é?

O Design (em si) é uma área que tem por objetivo identificar a causa dos problemas e propõe alterações para garantir o bem-estar das pessoas, assim, tudo o que prejudica ou impede a experiência (emocional, cognitiva e estética) e o conforto da pessoa é visto como um problema e necessita ser solucionado.

É justamente na forma como o designer utiliza os processos criativos e cognitivos (na forma como os designers percebem as coisas e agem sobre elas) que surge o “Design Thinking”. Parece algo redundante, mas não é. O conceito revoluciona a forma como as soluções são encontradas, apostando na inovação através da criatividade, focada nas necessidades reais do mercado (e não em pressuposições estatísticas).

olist
Smarthint
Performa.AI

Da mistura entre arte, tecnologia e ciência, nasce essa abordagem prática-criativa, que tem como objetivo encontrar soluções para os problemas e desafios, com um pensamento bastante antropocêntrico na hora de produzir o produto e utilizando os processos de reflexão e livre expressão, tudo para garantir a inovação.

A solução dos problemas deve ser feita de forma coletiva e colaborativa, tentando mapear e mesclar as mais diversas experiências e visão de mundo, para ter diversos pontos de vista diferentes e tentar chegar o mais perto possível da realidade do problema.

A popularização do termo aplicada aos negócios foi creditada a duas personalidades do Vale do Silício: David Kelley, professsor da Universidade de Stanford que fundou a consultoria de inovação IDEO, e seu colega Tim Brown, atual CEO desta mesma consultoria e autor de Change by Design. Segundo Tim Brown: “Precisamos de novas escolhas – novos produtos que equilibrem as necessidades de indivíduos e da sociedade como um todo; novas ideias que lidem com os desafios globais de saúde, pobreza e educação; novas estratégias que resultem em diferenças que importam e, um senso de propósito que inclua todas as pessoas envolvidas […] Precisamos de uma abordagem à inovação que seja poderosa, eficaz e amplamente acessível, que possa ser integrada a todos os aspectos dos negócios e da sociedade e que indivíduos e equipes possam utilizar para gerar ideias inovadoras que sejam implementadas e que, portanto, façam a diferença”.

Futuro do mercado

O Design Thinking não é uma especialidade voltada somente para as pessoas formadas em design. Muitas pessoas das mais diversas áreas que entenderam a importância dessa abordagem, estão se especializando nisso, incorporando-a em suas atividades e valorizando seu currículo, desenvolvendo uma maturidade profissional e modo e pensar diferenciado. Ele é responsável por mudar o pensamento das empresas, deixando-o mais humano, focado na empatia com o consumidor e na capacidade criativa do profissional (sua formação deixou de ser o mais importante, a empresas estão atrás de pessoas criativas).

Por sua vez, as empresas estão aderindo e reconhecem a importância do design Thinking no auxílio para tomar decisões com menores chances de erro e mais soluções inovadoras, portando, estão se deixando ser reinventadas. A tendência do mercado é que as empresas passem a contratar apenas os profissionais que “pensam como designer”, que sejam inovadores e ágeis, valorizando sua bagagem de vida e cultural, mais do que seu currículo.

No exterior, o Desing Thinking vem transformando o mercado. Eles captaram a essência desse modelo de trabalho e enxergaram sua potência de transformação nos relacionamentos, tanto dentro quanto fora das empresas. Não é à toa que está se tornando requisito para contratação em empresas, além de começar a tomar espaço nos MBA das grandes faculdades, tais como Stanford, Berkeley, Northwestern, Harvard, MIT, entre outras.

Avatar
Felipe Martins possui mais de 10 anos de experiência com internet e é fundador e presidente da empresa Dotstore, especializada em desenvolvimento e assessoria na criação de lojas virtuais. Atendendo pequenas, médias e grandes empresas, atualmente conta com uma carteira de quase 1000 lojistas utilizando sua plataforma das mais diversas maneiras possíveis.
  • Todos Fornecedores
  • Armazenamento
  • Consultoria
  • Entrega
  • Marketplace
  • Performance
  • Plataformas
    • Gestão de Anúncios
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Mídias Sociais
    • Plataforma de E-Commerce
    • Precificação Dinâmica
    • Vitrine Personalizada
  • Serviços
    • Escola Especializada
    • Logística
    • Agência Especializada
    • Redirecionamento de Encomendas
  • Soluções
 
Moovin
EZ Commerce
Rakuten
Bling
Accesstage
Mailbiz
LojaMestre
E-Goi
Neoassist
DLojavirtual
Dotstore
Ciashop
Seri.e Design
GhFly
E-Millennium
Bis2Bis
Bluefoot
F1soluções
Xtech Commerce
ComSchool
Brasil na Web
Nação Digital
Trezo
E-Commerce Logística
World Pay
Socialrocket
E-completo
Precode
IHouse Web
Smarthint
JET e-business
Ciclo
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.