A-commerce: o que o comércio automatizado significa para as vendas

Qual tem sido o impacto da inteligência artificial e da automação no seu negócio? Já existe algo perceptível para você? Diferente do que se imagina, a I.A não está só em grandes tecnologias como casas inteligentes, mas se reflete diariamente na forma de lidar com o comportamento do consumidor e naquilo que se esperam das marcas.

Um exemplo bem claro disso é o surgimento do a-commerce – automated commerce ou comércio automatizado – indicado pelo TrendWatching em seu último artigo. Em 2018, vendedores com coisas mais importantes para fazer do que ficarem resolvendo trabalhos processuais, estão abraçando experiências com algoritmos e dispositivos inteligentes.

Como funcionará o a-commerce?

Prospecção, negociação, venda, entrega e outros processos já começaram a ser automatizados por meio de algoritmos inteligentes. E não, isso não significa tornar todos os processos de venda robóticos e impessoais. Assistentes pessoais alimentados por AI são a grande onda e o grande desafio do desenvolvimento dessa tecnologia.

Um exemplo claro de como os a-commerces já estão se manifestando pelo mundo, são as lojas que funcionam sem nenhum vendedor. Enquanto o formato de Amazon chashier free em Seattle ainda não abriu para o público, em julho de 2017 Chinesa TaoBao já completou 15 anos com seu Tao Cafe. Para entrar na loja, usuários escaneiam seus smartphones na porta, pegam o que desejam e vão embora. A conta é recebida pelo telefone.

olist
Smarthint

O que isso significa para o comércio?

Que o nosso jeito de comprar e vender está mudando fica bastante claro, mas qual o real impacto disso para as lojas e para o consumidor? Quando as pessoas começam a buscar por ferramentas que automatizam aspectos de suas preferências e comportamentos, novas expectativas vão se formando em torno do comércio.

A compra acaba mudando de forma a se tornar cada vez mais direcionada, sem precisar passar por um oceano de opções antes de chegar naquilo que nos agrada. Programas de recomendações e cross selling baseado em vendas anteriores são mais frequentes e bem recebidos pelo público.

No final, essa tendência é sobre uma mudança que se torna cada vez mais profunda: a cada dia que passa, estaremos vendendo para algoritmos assim como para seres humanos. As implicações disso estarão refletidas em estratégias de precificação, marketing, atendimento e muito mais.

Os chatbots inteligentes foram só o primeiro reflexo e, talvez, o mais acessível no momento para pequenas lojas, da automação se tornando maioria. Os próximos impactos vamos descobrindo aos poucos, mas uma coisa já é certa: é preciso separar desde já um orçamento para tecnologia.

Adriano Meirinho
Adriano Meirinho é CMO do Celcoin, aplicativo que transforma os smartphones de micro e pequenos empreendedores em "maquineta" de pagamentos de boletos e recargas de créditos. Com mais de duas décadas de experiência em marketing online e negócios para a internet, o empreendedor possui MBA da FIA em Administração de Negócios do Varejo, bacharelado em Administração de Negócios pelo Instituto Belas Artes e certificação como Practitioner em Programação Neurolinguística (PNL). Pioneiro na prática de medir performances em mídia online no Brasil, desenvolveu diversas metodologias voltadas à performance online que mudaram a forma como o marketing online é feito no país. Antes de entrar na co-fundação do Celcoin, trabalhou por 14 anos na Catho Online, como CMO e Diretor B2C. Durante o tempo na Catho, encaminhou a empresa para recordes de sucesso gerindo diretamente 350 funcionários. Ainda como experiência profissional, foi responsável por diversos departamentos na Oppa Design, uma empresa de móveis de design, onde trabalhou como Diretor de Marketing e também foi CTO, acumulando ambas as funções.
  • Todos Fornecedores
  • Armazenamento
  • Consultoria
  • Entrega
  • Marketplace
  • Performance
  • Plataformas
    • Gestão de Anúncios
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Mídias Sociais
    • Plataforma de E-Commerce
    • Precificação Dinâmica
    • Vitrine Personalizada
  • Serviços
    • Escola Especializada
    • Logística
    • Agência Especializada
    • Redirecionamento de Encomendas
  • Soluções
 
Moovin
EZ Commerce
Rakuten
Bling
Accesstage
Mailbiz
LojaMestre
E-Goi
Neoassist
DLojavirtual
Dotstore
Ciashop
Seri.e Design
GhFly
E-Millennium
Bis2Bis
Bluefoot
F1soluções
Xtech Commerce
ComSchool
Brasil na Web
Nação Digital
Trezo
E-Commerce Logística
World Pay
Socialrocket
E-completo
Precode
IHouse Web
Smarthint
JET e-business
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.