Order Management: como a nova forma de gestão de pedidos já revoluciona o mercado de e-commerce B2B

O comércio eletrônico entre empresas se consolida: de acordo com uma pesquisa da Forrester Research, realizada nos EUA, o comércio online B2B contabilizou 889 bilhões de dólares em 2017. O estudo é ainda mais promissor para os próximos anos onde a estimativa é de que o valor alcance o número surpreendente de 1.18 trilhão de dólares em 2021.

Os dados comprovam que canais de compras e de vendas estão realmente abraçando a Transformação Digital e esse crescimento, muito maior que o ritmo das demais economias, faz com que mais organizações repensem suas práticas de desempenho.

Uma vez que esse avanço acontece de maneira exponencial, torna-se necessária a adoção de práticas que permitam conquistar resultados de forma simples e tornar a rotina de compras mais fácil e menos burocrática. O cenário começa a se transformar e vemos tecnologias sendo adotadas para integrar informações de todos os ecossistemas. Inteligência Artificial, Big Data e Analytics agora são amplamente exploradas para entregar visão holística dos processos, aumentar o poder de gerenciamento e permitir tomadas de decisões mais assertivas.

Para que esses benefícios atendam às necessidades dos compradores e fornecedores, criar um novo processo de organização na área de compras se torna cada vez mais essencial e encontrar tecnologias aptas para facilitar esses processos é mandatório.

Edrone
Performa.AI
olist
Smarthint

O botão start da transformação

Uma forma de começar a organizar a arrumação da casa é por meio da implementação de soluções para Gestão de Pedidos – as ferramentas de Order Management ganham destaque como um jeito mais simples e rápido de apertar o botão start da Transformação Digital e conquistar os pilares mais importantes em compras: economia, agilidade, colaboração e governança.

Os benefícios são muitos. É possível reduzir em até 30% os gastos operacionais do processo de compras, evitar aumento do custo de aquisição por fugas de contrato e analisar o spend de compras. Além disso, também facilita auditorias, já que todos os processos estão centralizados em um único ambiente com histórico de todas as transações e alterações dos pedidos.

Do lado do fornecedor, a gestão de pedidos também traz ganhos importantes como visão financeira, redução dos custos de vendas, maior acesso a potenciais compradores e agilidade com processos automatizados.

Independentemente do lado que você está, seja você comprador ou fornecedor, iniciar o processo de automação significa estar pronto para conquistar crescimento e diferenciação no mercado em tempos de grande competitividade. Você está pronto?

Avatar
André Kerbauy é diretor comercial do Mercado Eletrônico.
  • Todos Fornecedores
  • Armazenamento
  • Consultoria
  • Entrega
  • Marketplace
  • Performance
  • Plataformas
    • Gestão de Anúncios
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Mídias Sociais
    • Plataforma de E-Commerce
    • Precificação Dinâmica
    • Vitrine Personalizada
  • Serviços
    • Escola Especializada
    • Logística
    • Agência Especializada
    • Redirecionamento de Encomendas
  • Soluções
 
Moovin
EZ Commerce
Rakuten
Bling
Accesstage
Mailbiz
LojaMestre
E-Goi
Neoassist
DLojavirtual
Dotstore
Ciashop
Seri.e Design
GhFly
E-Millennium
Bis2Bis
Bluefoot
F1soluções
Xtech Commerce
ComSchool
Brasil na Web
Nação Digital
Trezo
E-Commerce Logística
World Pay
Socialrocket
E-completo
Precode
IHouse Web
Smarthint
JET e-business
Ciclo
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.