Novo golpe de videochamada no WhatsApp afeta mais de 10 mil usuários no Brasil em apenas 1 hora

| 21/11/2016 - 11:28 AM | Comentários (0)

video-whats

A ESET – fornecedora de soluções para segurança da informação, alertou sobre ameaças que usam a nova funcionalidade de videochamadas do WhatsApp para enganar os usuários. Na ação, os cibercriminosos usam páginas de internet falsas que prometem a nova funcionalidade atualizada, mas na realidade, inscrevem o usuário em serviços de SMS Premium, nas quais as mensagens de texto são pagas. Em uma das campanhas maliciosas, em apenas 1 hora, foram realizados 16 mil cliques, sendo 10 mil apenas no Brasil.

Para aplicar o golpe, os cibecriminosos disponibilizam uma página na internet que promete ativar a nova funcionalidade para os usuários que compartilharem o link fraudulento com seus contatos. Para concretizar a ação, a vítima é direcionada para um anúncio publicitário nomeado “última etapa”, no qual, ao clicar, solicita que uma mensagem de SMS seja enviada para um número Premium com um determinado texto. Dessa forma, o cibercriminoso consegue obter o número do smartphone da vítima, inscrevendo-a no serviço pago não solicitado.

Em alguns sites verificados pela ESET, o layout simulava a página oficial do WhatsApp, incluindo funcionalidades como escolha de idioma segundo a geolocalização do IP a partir de qualquer dispositivo conectado à internet.

video-chamada

“É importante destacar que não se trata de um vírus de WhatsApp, já que nenhum arquivo é executado. Também não verificamos evidências de que os sites fraudulentos estejam tentando explorar vulnerabilidades nos equipamentos conectados. O único objetivo é o ganho financeiro, com a inscrição no serviço de SMS Premium”, afirma Camillo Di Jorge, Presidente da ESET Brasil. “Os cibercriminosos aproveitam lançamentos populares como esse para aplicar golpes que afetem o maior número de pessoas. Isso porque, na ânsia de acessar a nova funcionalidade, nem sempre os internautas checam a procedência do site e acabam fornecendo informações pessoais ou se inscrevendo em serviços não solicitados”, reforça o executivo.

Para os usuários que caíram no golpe, os especialistas da ESET recomendam que as vítimas avisem seus contatos e, caso já tenha feito a inscrição em algum formulário com seu número de telefone, entrar em contato com a operadora de telefonia para verificar se o número, realmente, está inscrito em um serviço de SMS Premium. Em caso afirmativo, pedir a remoção. Caso tenha instalado algum aplicativo no dispositivo móvel, recomenda-se a desinstalação.

Outra recomendação é utilizar somente as lojas oficiais. Além disso, vale destacar que a nova funcionalidade estará disponível para a atualização dentro do próprio aplicativo.

Tags: , , ,

Categoria: Crimes

Sobre E-Commerce News: Fundado no ano de 2009, o E-Commerce News é um site projetado para profissionais de todas as áreas, interessados nos mais recentes conteúdos sobre o e-commerce no Brasil e no mundo. Ver mais artigos deste autor.

  • Todos Fornecedores
  • Plataformas
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Plataforma de E-Commerce
  • Serviços
    • Escola Espelicializada
    • Logística
    • Agência Especializada
 
Moovin
EZ Commerce
Jet
Rakuten
Bling
Accesstage
e-completo
Vtex
Mailbiz
Viewit
Digital UP
LojaMestre
Braspag
E-Goi
Neoassist
Tray
DLojavirtual
Dotstore
Ciashop
Seri.e
Akna
Web Jump
GhFly
E-Millennium
Bis2Bis
Bluefoot
F1soluções
Enviou
Internet Innovation
Xtech Commerce
ComSchool
Brasil na Web
Nação Digital
E-Commerce Logística
Trezo
Softvar
 

Comente esta Matéria




Para incluir uma imagem ao lado do seu comentário, registre-se em Gravatar.