Black Friday 2018: 7 dicas para fugir das furadas

Rakuten promove Web Seminário gratuito sobre o Black Friday 2013

A Black Friday deste ano, nesta sexta-feira, 23, deve trazer promoções de encher os olhos, assim como pode gerar reclamações e revolta dos consumidores por causa de descontos falsos, atraso na entrega dos produtos e falhas nos sites. Por tudo isso a versão brazuca do evento norte-americano é conhecida como “Black Fraude”. Mas com bom planejamento dos lojistas e cautela dos consumidores, o evento pode ser uma ótima data para fazer compras e para varejo e indústria aumentarem o faturamento. Pesquisa do SPC Brasil mostra que as pessoas estão mais dispostas a abrir a carteira neste ano. Seis em cada dez consumidores (58%) vão fazer compras nesse período, 18% a mais do que em 2017. Nesse ano, o comércio eletrônico espera faturar R$ 2,43 bilhões, alta de 15% em relação a 2017, aponta a estimativa da Ebit|Nielsen.

Segundo Reginaldo Stocco, CEO da startup VHSYS, que fornece software de gestão empresarial na nuvem para pequenas e médias empresa, a melhor forma de o consumidor não sair prejudicado é acompanhar as variações de preços nesta última semana e pesquisar a reputação das lojas. “Planejamento é sempre o ideal. Mais do que preço, para garantir uma boa experiência de compra, é necessário checar se o produto com desconto realmente vale a pena e se a loja é de confiança”, aconselha.

Ainda de acordo com Stocco, para os consumidores não é recomendado acessar links enviados por e-mail ou redes sociais. “Desconfie sempre de preços muito baixos. Na hora da compra, é recomendado o próprio consumidor digitar o endereço do site em que deseja comprar. Também é bom ficar atento aos preços, estoque do produto e data de entrega”, orienta.

Smarthint
Performa.AI

Os relatos mais frequentes dos consumidores, de acordo com Stocco, são a dificuldade na hora de finalizar a compra ou de encontrar o produto, a instabilidade do site e o atraso na entrega. “Há casos de pessoas que demoram mais de uma hora para finalizar uma compra e, quando estão prestes a concluírem a transação, a página cai. Outra grande queixa é a demora na entrega dos produtos”, diz. Por isso, a empolgação com a Black Friday também pode prejudicar as lojas físicas e online. Na sede de oferecer várias opções para os clientes, as lojas perdem o controle de estoque e até mesmo de receita. “É possível fazer grandes promoções sem prejudicar o caixa. Basta aplicar os descontos com planejamento estratégico”, recomenda Stocco.

Para evitar que a empresa entre na temida lista da “Black Fraude”, seus gestores devem seguir um guia básico que começa por utilizar um sistema integrado de gestão empresarial, o chamado ERP. “Ao invés de emitir sozinho notas fiscais, controlar o estoque e logística e analisar o faturamento em diferentes plataformas, o empresário encontra no ERP uma ajuda essencial: ele organiza tudo em um só lugar por um baixo custo e permite que o lojista tenha uma visão geral, organizada e com análise dos dados para melhor tomada de decisão”, aconselha Stocco.

Veja 7 dicas rápidas para consumidores e varejo não caírem na Black Fraude

  1. Se você é consumidor, não compre por impulso. Aproveite esta última semana para avaliar e comparar se o produto está mesmo com um bom desconto e se você precisa mesmo daquilo.
  1. Cuidado com sites falsos, pois muitas vezes eles são idênticos aos originais. Em caso de dúvidas, ligue para o SAC da loja e desconfie de preços muito abaixo da média. Sempre verifique se no canto inferior da tela há um cadeado ou chave. Esse é um indicativo de que o site é confiável e legítimo.
  1. Grave todas as telas e recibos enquanto faz a compra. Servem como comprovante caso haja algum erro ou atraso na entrega.
  1. Se você é vendedor, certifique-se de que o produto que você quer tem no estoque. Diversas lojas colocam o produto para a venda e depois alegam não poderem entregar.
  1. Para os lojistas: prepare a infraestrutura física e virtual. É necessário pensar na infraestrutura para receber tanta demanda. Utilize softwares ERP para fazer o gerenciamento, treine os vendedores, organize o estoque e saiba quais produtos devem receber maiores descontos para não prejudicar seu caixa no final da ação.
  1. Melhore a experiência do cliente. Especialmente em um e-commerce, é comum que sites fiquem lentos durante um pico de acesso, o que prejudica a experiência do consumidor. Portanto, não deixe sua página muito pesada e procure montá-la da forma mais simples possível. Contrate softwares ERPs, como o da VHSYS, pois eles já vêm com as lojas virtuais montadas, com temas prontos, facilitando a montagem da loja, sem a necessidade de contratar terceiros para realização de layout.
  1. Para o comércio: Não esqueça do pós-venda. Depois de efetuar a venda, não esqueça de acompanhar o cliente. Aproveite para entrar em contato, seja por telefone ou email, e pergunte se o produto chegou corretamente, se o consumidor teve algum problema ou até mesmo ofereça cupons de desconto para uma nova compra. A Black Friday pode ser um bom evento para vender mais, mas pode servir também para fidelizar clientes e conquistar novos consumidores.

Avatar
Fundado no ano de 2009, o E-Commerce News é um site projetado para profissionais de todas as áreas, interessados nos mais recentes conteúdos sobre o e-commerce no Brasil e no mundo.
  • Todos Fornecedores
  • Armazenamento
  • Consultoria
  • Entrega
  • Marketplace
  • Performance
  • Plataformas
    • Gestão de Anúncios
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Mídias Sociais
    • Plataforma de E-Commerce
    • Precificação Dinâmica
    • Vitrine Personalizada
  • Serviços
    • Escola Especializada
    • Logística
    • Agência Especializada
    • Redirecionamento de Encomendas
  • Soluções
 
Moovin
EZ Commerce
Rakuten
Bling
Accesstage
Mailbiz
LojaMestre
Neoassist
DLojavirtual
Dotstore
Seri.e Design
GhFly
E-Millennium
Bis2Bis
Bluefoot
F1soluções
Xtech Commerce
ComSchool
Brasil na Web
Nação Digital
E-Commerce Logística
Socialrocket
Precode
Smarthint
JET e-business
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.