Natal é hora de apostar em novos meios de pagamento

O Natal é a temporada mais quente do comércio brasileiro e a edição deste ano não deve decepcionar. A Fecomércio espera um aumento de 4,5% nas vendas em comparação com o mesmo período de 2017. De olho nesse movimento, muitas pessoas decidem ganhar um dinheiro extra, investindo na oferta de produtos e serviços – ou mesmo na abertura de um negócio. Nesta hora, vale a pena apostar em um meio de pagamento eletrônico.

Levantamento do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) mostra que aquelas que oferecem ao cliente a possibilidade de pagar com cartão têm desempenho melhor em termos de vendas (aumento de 57%) e de faturamento (55%) em comparação com aquelas que ainda não trabalham com esse meio de pagamento. No caso do e-commerce, 80% das transações são feitas com esse meio de pagamento, segundo pesquisa DataFolha para a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (ABECS).

A boa notícia é que mesmo microempreendedores individuais já podem oferecer a possibilidade de pagamento com cartão para seus clientes. De acordo com dados da PAGOS (Associação de Gestão de Pagamentos Eletrônicos), o mercado de meios de pagamento já se deu conta do potencial desse segmento e passou a oferecer inúmeros produtos e serviços para Microempresas (ME) e Empresas de Pequeno Porte (EPP) que, segundo o Sebrae, representam cerca de 98,5% do total de empresas privadas do Brasil, respondendo por 27% do PIB e por 54% do total de empregos formais existentes no país.

“Para quem está começando a vender ou tem volume pequeno de vendas, a melhor opção é a máquina que se conecta ao celular, que é mais barata”, explica Rudy Consoli Mateus, gerente de marketing da PagPop, empresa associada à PAGOS.  “Com ela, a pessoa não perde vendas para clientes que não têm dinheiro ou talão de cheque à mão. Em relação ao cheque, ela tem ainda a vantagem da garantia do pagamento”, completa.  Dados do Banco Central mostram que o volume de cheques devolvidos entre junho de 2017 e junho de 2018 alcançou a cifra de R$ 24 bilhões.

Performa.AI
Smarthint
olist

A opção por um terminal de cartões deve levar em conta o impacto dos custos, que incluem a conexão de internet. Se a expectativa de volume de compras com cartão compensar, chega a hora de escolher a marca. Rudy, da PAGOS, recomenda verificar a variedade de bandeiras que a máquina aceita e as taxas de transação.

A PAGOS recomenda alguns cuidados para assegurar a eficiência nos serviços prestados com as maquininhas, já que não basta apenas disponibilizar uma boa máquina conectada ao celular para assegurar uma prestação de serviço acessível. Muitas vezes o pequeno empreendedor não dispõe de um celular que permita boa qualidade de conexão bluetooth com a maquininha. Por isso é bom prestar atenção neste quesito e realizar testes antes de adquiri-la, pois quase sempre é a maquininha quem leva a culpa pela má prestação do serviço. “Foi inclusive por essa razão que os fabricantes lançaram mais recentemente maquininhas com chip de dados embutido. Essas não dependem do celular para realizar transações com cartão, apesar de serem mais caras”, explica Carlos Ogata, diretor do comitê de Facilitadores de Pagamento da PAGOS. Outro fator importante para um bom serviço prestado é saber qual operadora do chip de dados trabalha melhor na região onde se encontra o empreendedor.

Com a crescente competição entre as maquininhas, empreendedores já estabelecidos podem optar por trabalhar com mais de uma marca para optar pelo melhor momento de usar cada uma, de acordo com taxas, condições de parcelamento para os consumidores e prazos de pagamento.   E o aumento de vendas do final de ano é uma boa oportunidade para ampliar o número de máquinas à disposição dos consumidores. Quem pensar em trocar ou ampliar a gama de maquininhas deve ficar de olho nas novas opções equipadas com Android.  “Máquinas carregada com sistema operacional Android se transformam em pequenas unidades de inteligência do negócio”, explica Rudy, da PAGOS.  “Assim como acontece com os celulares, o sistema permitirá a instalação de inúmeros aplicativos. Algumas delas já vêm com apps de gestão financeira”, comenta.

Atualmente existem quase duas dezenas de marcas de máquinas e serviços que transacionam cartões, o que garante um alto nível de competitividade. No primeiro semestre deste ano, o valor transacionado em cartões de crédito, débito e pré-pagos foi de quase R$ 720 bilhões em 8,8 bilhões de transações.

Fundado no ano de 2009, o E-Commerce News é um site projetado para profissionais de todas as áreas, interessados nos mais recentes conteúdos sobre o e-commerce no Brasil e no mundo.
  • Todos Fornecedores
  • Armazenamento
  • Consultoria
  • Entrega
  • Marketplace
  • Performance
  • Plataformas
    • Gestão de Anúncios
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Mídias Sociais
    • Plataforma de E-Commerce
    • Precificação Dinâmica
    • Vitrine Personalizada
  • Serviços
    • Escola Especializada
    • Logística
    • Agência Especializada
    • Redirecionamento de Encomendas
  • Soluções
 
Moovin
EZ Commerce
Rakuten
Bling
Accesstage
Mailbiz
LojaMestre
E-Goi
Neoassist
DLojavirtual
Dotstore
Ciashop
Seri.e Design
GhFly
E-Millennium
Bis2Bis
Bluefoot
F1soluções
Xtech Commerce
ComSchool
Brasil na Web
Nação Digital
Trezo
E-Commerce Logística
World Pay
Socialrocket
E-completo
Precode
IHouse Web
Smarthint
JET e-business
Ciclo
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.