Maior plataforma de avaliação de crédito da Ásia chega ao Brasil

| 17/02/2017 - 08:41 AM | Comentários (0)

Após se transformar na maior plataforma de avaliação de risco de crédito da Ásia em 3 anos de existência, a Wecash chega ao Brasil com a meta de figurar, o mais rápido possível, entre as três maiores empresas de empréstimo das Américas. Considerada pela KPMG como uma das 100 melhores fintechs do mundo, a Wecash aposta na união entre as ferramentas tecnológicas mais avançadas do setor e um modelo disruptivo de negócios. Gratuito para instituições financeiras, o Relatório Wecash avalia inúmeras dimensões do relacionamento da pessoa com o dinheiro, que fica pronto em 15 minutos ou menos. Por ser gratuito, o relatório Wecash garante uma economia na ordem de bilhões de reais à receita dos bancos e instituições financeiras, mas também traz outros benefícios subjacentes, como dados pessoais validados de uma forma mais aprofundada.

O Chief Operating Officer (COO) da Wecash, o brasileiro Roger Madeira, e também responsável pela expansão da empresa na América Latina, explica que o próprio processo de remuneração da empresa é uma demonstração de confiança na eficiência de seu sistema de avaliação de crédito. Segundo ele, quando a Wecash emite seu relatório a respeito de uma pessoa para uma instituição financeira e esse cliente é aprovado para receber o empréstimo, a empresa só passa a receber uma comissão dos bancos à medida que o tomador de crédito pague as prestações assumidas. “A Wecash só é remunerada em caso de sucesso mensal da operação.”, ele diz.

Graças a este modelo, a Wecash já conta com mais de 63 milhões de usuários ativos e um valor de mercado próximo a R$ 1 bilhão. A empresa possui unidades no Vale do Silício (Estados Unidos), Pequim (China), Indonésia, Vietnam e São Paulo (Brasil).

O COO comenta que a chegada do modelo de negócios da Wecash ao Brasil ataca diretamente o primeiro problema do modelo de análise de crédito praticado no país, que é o custo da consulta à negativação das pessoas. Segundo ele, este fator resulta num prejuízo anual de bilhões de reais à receita bancária. “Esse custo encarece a concessão de crédito na medida em que ele é transferido para a taxa de juros do empréstimo. No fim, quem paga a conta é o próprio tomador”, explica.

Para o COO, o modelo de negócios da Wecash ganha relevância num momento de estagnação na concessão de crédito, como esse que estamos vivendo no Brasil atualmente. Segundo ele, ao diminuir o risco dos bancos oferecendo uma informação mais confiável e ao mesmo tempo um custo menor para a avaliação de crédito, a Wecash une com sucesso as duas pontas, o banco que deseja emprestar e a pessoa que precisa do empréstimo, porém com juros mais baixos.

Para alcançar tais resultados, a empresa construiu uma infraestrutura tecnológica para extrair, processar, relacionar e validar mais de oito mil variáveis e dados sobre cada consumidor em tempo real, o que possibilita gerar um relatório altamente detalhado sobre o perfil de risco de uma pessoa. Isto é feito com o suporte de uma plataforma integrada de avaliação de crédito e análise de risco que combina as tecnologias mais avançadas do setor: Inteligência Artificial, Machine Learning, Computação Cognitiva, Modelos Computacionais de Predição de Risco, Blockchain, Big Data, Mineração de Dados, Psicometria e Computação em Nuvem.

O produto extraído da plataforma, ou o Relatório Wecash, contém então milhares de informações extraídas de múltiplas fontes, como as relações sociais e familiares, os hábitos de consumo e gerenciamento financeiro, além de milhares de dados comportamentais. Somando tudo, o resultado é uma estratégia que reduz assimetria, inconsistência, fraudes e erros de interpretação, com uma efetividade superior a 95%. De acordo com o executivo, por meio desta gestão, as instituições conseguem ampliar suas margens de faturamento, ao mesmo tempo em que baixam as taxas de juros, reduzem custos operacionais e o tempo de aprovação, evitando a fuga de clientes e diminuindo os índices de inadimplência.

“Os bancos brasileiros atualmente consultam dois ou três sistemas, que fornecem uma visão bidimensional do risco, ou seja, apontam o tempo e as ocorrências negativas de crédito dos últimos cinco anos. Por não identificar padrões de relacionamento saudáveis da pessoa com o dinheiro, este tipo de leitura traz uma visão limitada sobre o verdadeiro potencial de consumo de crédito ou o risco do cliente”, explica o COO. “Utilizar apenas essa referência pode induzir a erros. É preciso mais dados para se tomar uma decisão lucrativa. Na Wecash, avaliamos o relacionamento que a pessoa tem com suas finanças, considerando todos os canais pelos quais a pessoa gerencia sua renda, como cartão de crédito, conta bancária, empréstimos e ativos próprios”.

A solução tecnológica da Wecash foi validada na China, um dos mercados economicamente mais complexos e competitivos do mundo. E a Wecash vislumbra o mesmo ritmo de crescimento no Brasil e espera ampla adesão dos bancos, projetando rápida expansão para Argentina, Uruguai, Chile e México

Tags: , , ,

Categoria: Lançamentos

Sobre E-Commerce News: Fundado no ano de 2009, o E-Commerce News é um site projetado para profissionais de todas as áreas, interessados nos mais recentes conteúdos sobre o e-commerce no Brasil e no mundo. Ver mais artigos deste autor.

  • Todos Fornecedores
  • Plataformas
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Mídias Sociais
    • Plataforma de E-Commerce
  • Serviços
    • Escola Espelicializada
    • Logística
    • Agência Especializada
    • Redirecionamento de Encomendas
 
Moovin
EZ Commerce
Jet
Rakuten
Bling
Accesstage
Vtex
Mailbiz
LojaMestre
Braspag
E-Goi
Neoassist
Tray
DLojavirtual
Dotstore
Ciashop
Seri.e
Web Jump
GhFly
E-Millennium
Bis2Bis
Bluefoot
F1soluções
Enviou
Xtech Commerce
ComSchool
Brasil na Web
Nação Digital
E-Commerce Logística
Trezo
Softvar
Qwintry
SoS Loja Virtual
 

Comente esta Matéria




Para incluir uma imagem ao lado do seu comentário, registre-se em Gravatar.