Brasileiros gostariam de utilizar pagamento por aproximação nos pedágios, indica Mastercard

A maioria dos brasileiros gostaria de pagar o pedágio com um cartão por aproximação, é o que indica um levantamento elaborado pela Mastercard em parceria com a Euromonitor. De acordo com a pesquisa, que ouviu mais de 2 mil usuários de pedágio em todo o país, 81% dos respondentes gostariam de utilizar essa tecnologia no momento do pagamento, sendo que o fato de não ter que andar com dinheiro, a agilidade no momento do pagamento e o menor tempo de fila foram as principais vantagens mencionadas.

Outro fato importante indicado pela pesquisa é que 62% dos consumidores preferem utilizar o seu cartão de débito ou crédito “contactless” em vez de um cartão restrito para o pagamento do pedágio (como os utilizados no transporte público). Isso porque o cartão para pagamento por aproximação oferece a conveniência de não precisar carregar múltiplos cartões e evitar problemas relacionados a recargas. Além disso, outros benefícios mencionados foram a centralização de gastos e possibilidade de acúmulo de milhas no cartão. A pesquisa também apontou que 88% dos usuários já são portadores de cartões de crédito ou de débito.

“Os consumidores desejam conveniência, segurança e facilidade na hora de realizar o pagamento. Ou seja, querem utilizar os meios de pagamento eletrônicos e, de preferência, os que já possuem na carteira, como o cartão de crédito ou de débito”, afirmou Fernanda Caraballo, diretora de Desenvolvimento de Negócios da Mastercard.

Atualmente, a maior parte dos pedágios do país aceita apenas dinheiro ou pagamento automático. O tempo de espera na fila e a falta de dinheiro trocado são as duas principais reclamações dos consumidores. A Mastercard acredita que o uso de cartões de crédito e/ou débito em pedágios é uma oportunidade de substituir o dinheiro físico e gerar mais comodidade aos viajantes. Deixando o pagamento do pedágio mais rápido, simples e fácil.

Smarthint

Algumas concessionárias já aderiram à aceitação de cartões para trazer conveniência a seus usuários e para diminuir custos e riscos relacionados à movimentação de dinheiro. Em alguns estados do Brasil, como Paraná e Rio Grande do Sul, algumas operadoras de pedágio já aceitam cartões de crédito e de débito. “Para que os pagamentos por aproximação se tornem uma realidade nos pedágios de todo o país, dependemos apenas da autorização das agências reguladoras, pois a tecnologia necessária já existe”, finaliza Fernanda.

Sobre o pagamento por aproximação

Rápido, prático e seguro, o pagamento por aproximação oferece a conveniência de fazer transações apenas tocando os dispositivos em um leitor habilitado, sendo até 10 vezes mais rápido do que outros tipos de pagamento.

Com limite inicial de R$50 reais para transações sem senha, os pagamentos por aproximação são ideais para transações de baixo valor e situações que requerem uma velocidade de pagamento maior para diminuir filas, como nos pedágios.

Avatar
Fundado no ano de 2009, o E-Commerce News é um site projetado para profissionais de todas as áreas, interessados nos mais recentes conteúdos sobre o e-commerce no Brasil e no mundo.
  • Todos Fornecedores
  • Armazenamento
  • Consultoria
  • Entrega
  • Marketplace
  • Performance
  • Plataformas
    • Gestão de Anúncios
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Mídias Sociais
    • Plataforma de E-Commerce
    • Precificação Dinâmica
    • Vitrine Personalizada
  • Serviços
    • Escola Especializada
    • Logística
    • Agência Especializada
    • Redirecionamento de Encomendas
  • Soluções
 
Moovin
EZ Commerce
Rakuten
Bling
Accesstage
Mailbiz
LojaMestre
Neoassist
DLojavirtual
Dotstore
Seri.e Design
GhFly
E-Millennium
Bis2Bis
Bluefoot
F1 Commerce
Xtech Commerce
ComSchool
Brasil na Web
Nação Digital
E-Commerce Logística
Socialrocket
Precode
Smarthint
JET e-business
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.