E-commerce deve faturar R$ 14,3 bilhões em 2010

A e-bit, empresa de inteligência de comércio eletrônico, divulgou um balanço das vendas do comércio eletrônico no Brasil nesta terça-feira (10). Segundo a companhia, a previsão de crescimento do setor é de 35% em relação ao ano passado.

O e-commerce brasileiro faturou R$ 6,7 bilhões no primeiro semestre do ano, um crescimento de 40% se comparado com o mesmo período de 2009. O tíquete médio foi de R$ 379, representando um crescimento de 17% em relação ao ano passado, que era de R$ 323. A explicação para esse aumento é a maior regularidade na venda de produtos de maior valor agregado.

O balanço do primeiro semestre mostrou que 20 milhões de pessoas compraram pelo menos uma vez pela internet. Esse número pode chegar à 23 milhões até o final do ano.

Os produtos mais vendidos nesse período foram Livros, assinaturas de revistas e jornais e Eletrodomésticos, representando 15% e 14% das compras, respectivamente. A Copa do Mundo e a redução do IPI no começo do ano foi um dos motivos para que os eletrodomésticos ocupassem a segunda posição.

Redes sociais

De acordo com a pesquisa, 55% das pessoas que fizeram uma compra pela web, influenciados por uma rede social, são mulheres. Outra constatação da pesquisa foi a idade dos compradores de redes sociais, em média são sete anos mais novos, esses compradores mostraram uma frequência baixa de compra em comparação com os outros e-consumidores.

Smarthint
Performa.AI

A categoria Moda e acessórios é a mais comprada pelos e-consumidores influenciados pelas redes sociais, com cerca de 20% do volume transacional. A mesma categoria representa 4% das vendas totais no comércio virtual. O tíquete médio desses compradores é de R$ 269.

Resistência à compra

Segundo o estudo, 90% dos entrevistados disseram que visitaram alguma loja virtual no período de uma semana e decidiram não comprar nada. Dos visitantes que não compraram nada, 86% disse ter apenas olhado algum item e não finalizaram a compra, 7% começaram o processo de compra, mas acabaram não concluindo o procedimento pelo valor do frete ou do total do produto e 7% colocaram alguns produtos no carrinho e saíram da loja virtual sem comprar nada.

Previsão 2010

A pesquisa aponta que o e-commerce deve fechar o ano com um crescimento de 35% em relação ao ano de 2009, com um faturamento de R$ 14,3 bilhões. O final do ano pode representar 55% do faturamento total do canal, devido às festas de fim de ano.

Em 2010, o número de pessoas que fizeram pelo menos uma compra pela internet deverá aumentar, segundo a pesquisa. Ao final de 2009 o e-bit havia registrado 17,6 milhões de compradores, já a expectativa para o final desse ano é de que pelo menos 23 milhões de pessoas passem a fazer compras on-line. O valor do tíquete médio deve ficar em R$ 375 para o final de 2010.

Avatar
Fundado no ano de 2009, o E-Commerce News é um site projetado para profissionais de todas as áreas, interessados nos mais recentes conteúdos sobre o e-commerce no Brasil e no mundo.
  • Todos Fornecedores
  • Armazenamento
  • Consultoria
  • Entrega
  • Marketplace
  • Performance
  • Plataformas
    • Gestão de Anúncios
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Mídias Sociais
    • Plataforma de E-Commerce
    • Precificação Dinâmica
    • Vitrine Personalizada
  • Serviços
    • Escola Especializada
    • Logística
    • Agência Especializada
    • Redirecionamento de Encomendas
  • Soluções
 
Moovin
EZ Commerce
Rakuten
Bling
Accesstage
Mailbiz
LojaMestre
Neoassist
DLojavirtual
Dotstore
Seri.e Design
GhFly
E-Millennium
Bis2Bis
Bluefoot
F1soluções
Xtech Commerce
ComSchool
Brasil na Web
Nação Digital
E-Commerce Logística
Socialrocket
Precode
Smarthint
JET e-business
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.