E-Commerce é o quarto setor de maior interesse dos investidores anjo

anjo
© Elnur – Fotolia.com

De acordo com pesquisa realizada pela Anjos do Brasil, 75% dos investidores anjo participantes do estudo, apontaram a área de TI como a mais interessante para investimento, seguida dos aplicativos para smartphones (56%) e da área de saúde / bicotecnologia (44%). O e-commerce aparece na quarta posição, com 42% da preferência, seguido por educação (38%), entretenimento (35%) e outros setores (13%).

O resultado do levantamento, que analisou o perfil dos investidores anjo brasileiros, foi apresentado nesta quinta-feira (4), durante o 1º Congresso de Investimento Anjo 2013 e mostrou também, a predominância masculina dentre os investidores (98%), tendo apenas 2% do sexo feminino. A faixa etária também foi analisada, sendo a idade média em torno de 44,3 anos. A mínima é de 25 anos, enquanto a máxima é de 67 anos.

Ao analisar a atividade principal dos investidores, o relatório constatou que 50% do total atuam como Empresários/Empreendedores, enquanto a outra metade se divide entre executivos (29%), Profissionais Liberais (6%), Outros (2%) e os restantes 13% afirmaram ser profissionais dedicados a investimento.

Smarthint
Performa.AI
olist

Outro aspecto analisado pela pesquisa foi o tempo de dedicação do investidor aos projetos. Para a maioria dos entrevistados, a sua dedicação média para a atividade é de 25% do seu tempo total disponível, haja vista que, na maior parte dos casos, a atividade de investimento anjo não é a principal.

A pesquisa também aponta uma média de 2,5 investimentos por investidor anjo, evidenciando que ainda estão na fase de formação de carteira, o que é confirmado pela média prevista de efetivarem 4,1 investimentos nos próximos dois anos, aplicando em média um total de R$ 416 mil por cada investidor.

Por fim, foi perguntado para cada entrevistado, qual o maior desafio que o investidor tem, qual grau de dificuldade ele considera para superá-los, ficando em primeiro lugar a falta de estímulos fiscais com média 3,2 (de um máximo de 4), seguido por dificuldades de desinvestimento e de receber projetos bons, ambos com média 3, a preocupação com passivos que a empresa venha a adquirir ficou com nota 2,8, entretanto cabe destacar que como a pesquisa é sobre investidores ativos, estes de certa forma já assumiram este risco, pois quando foi feita a avaliação dos potenciais investidores, este é primeiro item apontado pelos mesmos. Os itens de risco de investimento e encontrar co-investidores ficaram com notas 2,5 e 2,4 respectivamente.

Fundado no ano de 2009, o E-Commerce News é um site projetado para profissionais de todas as áreas, interessados nos mais recentes conteúdos sobre o e-commerce no Brasil e no mundo.
  • Todos Fornecedores
  • Armazenamento
  • Consultoria
  • Entrega
  • Marketplace
  • Performance
  • Plataformas
    • Gestão de Anúncios
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Mídias Sociais
    • Plataforma de E-Commerce
    • Precificação Dinâmica
    • Vitrine Personalizada
  • Serviços
    • Escola Especializada
    • Logística
    • Agência Especializada
    • Redirecionamento de Encomendas
  • Soluções
 
Moovin
EZ Commerce
Rakuten
Bling
Accesstage
Mailbiz
LojaMestre
E-Goi
Neoassist
DLojavirtual
Dotstore
Ciashop
Seri.e Design
GhFly
E-Millennium
Bis2Bis
Bluefoot
F1soluções
Xtech Commerce
ComSchool
Brasil na Web
Nação Digital
Trezo
E-Commerce Logística
World Pay
Socialrocket
E-completo
Precode
IHouse Web
Smarthint
JET e-business
Ciclo
 

1 COMENTÁRIO

  1. Estou querendo vender meu ecommerce de iluminação, mas não sei como avaliar o valor do negócio.
    Aberto há 3 anos, mas não tenho um bom capital para alavancar grandes vendas.
    Está super validado e com ótima reputação – nenhuma reclamação no Reclame Aqui.
    O site tem certificação digital e está numa plataforma alugada (001Shop – excelente plataforma).
    Utilizo o PagSeguro, PayPal, BCash e Mercado Pago para recebimento das vendas.
    Tenho registro da marca, campanhas prontas de Adwords e o desenvolvimento de SEO com a Goomark (Já está no terceiro mês de investimento).
    Não tenho dívidas significativas com impostos e nem com fornecedores.
    Estou presente nos Marketplaces: B2W, CNova e Mercado Livre.
    Trabalho apenas com 2 fabricantes nacionais de qualidade e tenho mais de 600 itens em cada Canal de Venda.
    O Facebook está com mais 10.500 seguidores, sem qualquer problema de relacionamento.
    Minha dúvida é quanto vale e como posso vender ou arrumar um investidor?
    Existem profissionais especializados ou empresas de consultoria que auxiliam nesse processo de venda?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.