O impacto econômico das Mídias Sociais: como aproveitar para o seu negócio?

| 19/02/2016 - 13:57 PM | Comentários (1)

redes-sociais

Como era seu relacionamento com as pessoas na era pré-internet? Você ligava para elas, mandava cartas ou ia ao seu encontro, certo? Hoje, as Mídias Sociais mudaram isso de maneira brutal, o que afeta diretamente a maneira como as pessoas e as marcas estão se relacionando. Porém, o impacto econômico que as Mídias Sociais vêm gerando ainda não pode ser mensurado por completo.

Empresas que eram responsáveis pela comunicação entre pessoas, por exemplo, mudaram completamente sua maneira de fazer negócios ou faliram. Além disso, as marcas e as grandes empresas direcionaram grande parte de seus investimentos em marketing e comunicação para as Mídias Sociais.

Para entendermos de maneira correta esse panorama, temos que entender as mudanças que as redes trouxeram para nossa vida. Acompanhe nosso post e fique por dentro!

Como as Mídias Sociais mudaram o consumo?

Antes da era da internet, as marcas de maior visibilidade eram as que detinham poder econômico para estarem presentes nos grandes veículos de comunicação. Dessa forma, o apelo às marcas era muito grande, e as maiores é que detinham grande parte do público.

Com o advento das Mídias Sociais, foi possível que marcas menores, porém mais segmentadas em determinados públicos, pudessem ter um alcance muito mais elevado e, com isso, chegar a novos níveis.

As empresas que conseguiram alcançar o público-alvo de maneira inteligente fizeram com que as pessoas atribuíssem um valor muito mais elevado a seus produtos, o que atinge diretamente no conceito de marca. Se antes toda informação e propaganda estavam inseridas nos grandes veículos de comunicação, hoje as Mídias Sociais possibilitaram uma segmentação muito maior, o que favoreceu o aparecimento e o fortalecimento de uma série de marcas e empresas menores.

Como as Mídias Sociais mudaram o relacionamento com as marcas?

Houve um tempo em que a única maneira de você se relacionar com uma marca era ligando ou enviando uma carta. Hoje, grande parte das Mídias Sociais nos permite comentários e mensagens diretas, algo que influencia diretamente na maneira como nos relacionamos.

Comentários e mensagens acabaram se tornando uma maneira de medir o impacto que as marcas estão tendo com o público. Além disso, de acordo com uma série de métricas que as Mídias Sociais nos fornecem, temos como saber alguns comportamentos que antes passavam despercebidos, como horas do dia de maior acesso e tipo de conteúdo que mais gera engajamento.

Isso afetou diretamente a maneira como as marcas usam as Mídias Sociais, pois temos muito mais possibilidades de engajamento e de interação, um fator fundamental na decisão de compra.

Como sua empresa pode usar as Mídias Sociais de maneira correta?

O impacto na economia global dessas Mídias Sociais é imenso, e sua empresa precisa usar isso de maneira inteligente e favorável. O primeiro passo é a construção de um relacionamento, com conteúdo relevante e interação com os usuários. Depois disso, é muito interessante usar a estratégia do funil de vendas, diretamente nas Mídias Sociais em questão ou em outra plataforma. Isso irá não apenas fortalecer sua marca como facilitar o processo de aquisição e gerenciamento de novos clientes.

O que fica claro é que o impacto econômico das Mídias Sociais é gigantesco e tende a ser cada vez maior. Quem não usar isso a favor de sua marca perderá muito dinheiro, ou pior, perderá visibilidade e fixação de sua marca!

Se você tiver alguma dúvida, deixe um comentário! Compartilhe aqui suas experiências com as Mídias Sociais.

Tags: , , , ,

Categoria: Dicas

Sobre Sandra Turchi: Bacharel em administração de empresas pela FEA-USP, pós-graduada pela FGV-SP, MBA pela Business School SP e Toronto University e cursou empreendedorismo na Babson de Boston. Executiva de marketing há mais de vinte anos nos setores de Varejo, Financeiro, Educacional e Serviços nas empresas Lojas Arapuã, Zogbi, Finasa-Bradesco, FGV-SP e Associação Comercial de SP e Boa Vista Serviços, onde foi Diretora de Marketing. Indicada como um dos professores de Marketing mais influentes nas mídias sociais pela revista SMMagazine. É palestrante sobre Marketing Digital e E-commerce. Coordenadora dos cursos “Estratégias de Marketing Digital” na ESPM desde 2008. Professora do MBA e Pós-MBA em Marketing Digital da FGV. Idealizadora do “Digital Strategies Summit”. É articulista de diversos veículos de comunicação, autora do blog www.sandraturchi.com.br e autora do Livro “Estratégias de Marketing Digital e E-commerce” a ser lançado pela Ed. Atlas no início de 2012. Ver mais artigos deste autor.

  • Todos Fornecedores
  • Plataformas
    • Gestão de Anúncios
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Plataforma de E-Commerce
  • Serviços
    • Escola Espelicializada
    • Logística
    • Agência Especializada
 
Moovin
EZ Commerce
Jet
Rakuten
Bling
Accesstage
e-completo
Vtex
Mailbiz
Viewit
Digital UP
Softvar
LojaMestre
Braspag
Superpay
E-Goi
Neoassist
Tray
DLojavirtual
Dotstore
Ciashop
Seri.e
Akna
Web Jump
GhFly
E-Millennium
Bis2Bis
Bluefoot
ChannelAdvisor
F1soluções
MasterPass
Enviou
Internet Innovation
Signashop
Xtech Commerce
ComSchool
Brasil na Web
Nação Digital
COMM2
E-Commerce Logística
 

Comentário (1)

Trackback URL | Comentários RSS Feed

  1. Cesar Rodrigues disse:

    Percebo que este é um aspecto ainda muito negligenciado pelas empresas no Brasil, a maioria não se preocupa em criar este canal de comunicação e muito menos com o que as pessoas estão falando de sua empresa na mídias sociais, hoje, particularmente eu, sempre procuro estes dados antes de fechar um negócio com qualquer empresa.Parabéns pelo artigo.

    http://www.serradoriodorastro.net.br

Comente esta Matéria




Para incluir uma imagem ao lado do seu comentário, registre-se em Gravatar.