Loja física ou virtual, eis a questão!

Com o crescimento vertiginoso do comércio eletrônico (no Brasil, faturou um total de R$ 14,8 bilhões em 2010, o que representa um crescimento de 40% em relação aos R$ 10,6 bilhões registrados no ano anterior), investir na web tem se tornado uma estratégia cada vez mais promissora. Para quem está em vias de se lançar no comércio, fica a dúvida: será que não é mais vantajoso apostar na loja virtual?

Pela experiência no comércio eletrônico, Robson Tavarone, sócio e diretor comercial do site de Compras Coletivas Ótima Oferta e da Agência Vibe, vale à pena apostar no ambiente virtual, sim! “O universo digital oferece uma série de possibilidades com as quais o varejo tradicional não pode competir”, justifica Tavarone. Para confirmar, o empresário cita algumas das principais vantagens em se investir na internet:

Evolução: O mercado está cada vez mais amadurecido, graças à facilidade de acesso ao computador e à banda larga.

Novas modalidades: As compras coletivas e os clubes de compras se tornaram os protagonistas do comércio eletrônico, impulsionando e incrementando o mercado.

Mobile Commerce: Segundo a BitWizards, as compras feitas pelos dispositivos móveis – celulares, smartphones e tablets – devem gerar uma receita de US$ 1,4 trilhão em 2015 em todo o mundo, o que representará um crescimento de cerca de cem vezes na comparação com os US$ 210 bilhões registrados em 2009.

Social Commerce: O conceito que transformou as redes sociais em plataformas de vendas possibilita comprar através da Fan Page do Facebook, receber links com ofertas pelo Twitter, entre outras ações.

Comodidade: Realizar compras on-line significa, hoje, lançar mão de novos hábitos de consumo, como escolha de produtos e efetivação de compra sem a necessidade de deslocamento, maior facilidade e rapidez na pesquisa de preço.

Inside Banner Mandaê

Custo baixo: O custo de gerenciamento e manutenção da loja virtual é menor, se comparado à loja física.

Maior público: A internet permite atingir e atender a um grupo de clientes amplo e geograficamente disperso.

Rápida mensuração: A internet possibilita coletar dados demográficos e de comportamento de compras de maneira rápida para responder às mudanças de hábitos e preferências dos consumidores.

Melhorias em tempo real: Por conta da grande disseminação na web de informações do consumidor sobre suas experiências de compra, é possível efetuar melhorias com mais agilidade e assertividade nos processos de atendimento e venda on-line.

Aprimoramento profissional: Cada vez mais, o empreendedor on-line tem à disposição cursos de capacitação no comércio eletrônico, a exemplo do Sebrae, que criou o Bolsa de Negócios, projeto que orienta a geração de novos negócios pela internet.

Logística otimizada: As lojas virtuais têm investido fortemente na estratégia de distribuição e entrega dos produtos, proporcionando credibilidade ao processo logístico.

Confiança: O consumidor está mais confiante e seguro em comprar pela internet, graças a tecnologias que preservam seus dados.

Fundado no ano de 2009, o E-Commerce News é um site projetado para profissionais de todas as áreas, interessados nos mais recentes conteúdos sobre o e-commerce no Brasil e no mundo.
  • Todos Fornecedores
  • Plataformas
    • Gestão de Anúncios
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Mídias Sociais
    • Plataforma de E-Commerce
  • Serviços
    • Escola Especializada
    • Logística
    • Agência Especializada
 
Moovin
EZ Commerce
Rakuten
Bling
Accesstage
Mailbiz
LojaMestre
E-Goi
Neoassist
DLojavirtual
Dotstore
Ciashop
Seri.e Design
Web Jump
GhFly
E-Millennium
Bis2Bis
Bluefoot
F1soluções
Enviou
Xtech Commerce
ComSchool
Brasil na Web
Nação Digital
Trezo
E-Commerce Logística
Softvar
SoS Loja Virtual
World Pay
Tray
Socialrocket
Qwintry
Mandaê
Jet Business
E-completo
Braspag
 

3 COMENTÁRIOS

  1. Discordo um pouco da parte:
    Custo baixo: O custo de gerenciamento e manutenção da loja virtual é menor, se comparado à loja física.

    Pois hoje os profissionais e diversas frentes que vc precisa ter para manter uma loja virtual de sucesso são caros, exemplo um funcionario ou um empresa para campanhas em redes sociais, designer para peças de emails mkt, designer para manter banners e fotos de produtos em dia…. Esses profissionais e empresas hoje estão ficanco caros e as plataformas “boas” estão com seus preços altos. Acho que hoje os custo de uma loja fisica e uma loja virtual estão chegando quase no mesmo patamar, a diferença é claro que com a loja virtual vc consegue atingir um publico maior que a loja fisica.

    Meu ponto de vista hoje é esse.

    • Nossa, quanta inteligência a tua! Vamos começa e a comparar? Você sabe ao menos o que significa custos fixos? Você nem sabe o que está dizendo. As lojas físicas têm despesas gigantescas, como por exemplo: comissão e encargos de vendedores, aluguel do ponto de vendas, energia, internet, gastos com suprimentos e patrimônios, manutenção do ponto de vendas. Esses são apenas alguns exemplos de como é impossível fazer tal comparação entre ambos. Vá pesquisar mais um pouquinho antes de vir aqui dizer asneiras.

  2. Parabéns pelo artigo

    Concordo com todos os pontos abordados.

    Muitas pessoas ainda pensam que o consumidor confia mais em uma loja física do que em um e-commerce.Mas o comportamento dos consumidores tem mudado muito com a expansão da internet e a facilidade que ela proporciona. Muitos já têm preferido a comodidade em comprar por uma loja online. Quanto ao custo para manter uma loja virtual não há nenhuma dúvida que é bem menor.

    Abraços
    flaviopessi

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here