Design agradável – Erros mais comuns nos sites das empresas

| 19/11/2010 - 05:06 AM | Comentários (2)

Você pode até não ser bom em design ou não ter contratado um profissional para fazer seu site, mas provavelmente você tem bom senso ou conhece alguém que tenha bom gosto.

O design gráfico do site faz muita diferença na forma como o consumidor encara sua empresa. Sites com design antigo, desagradável ou confuso darão a seu cliente a impressão de que sua empresa é assim: antiga, desagradável e confusa.

Assim, garanta que o design de seu site seja no mínimo agradável. Se você não sabe fazer isso direito ou não tem dinheiro para contratar um designer, siga meu conselho: faça um site simples e óbvio, baseado no WordPress, e escolha um modelo, um estilo de design, agradável. O site do WordPress tem centenas deles.

Entretanto, se você já tem um site, veja uma lista de dicas para criar um bom design para seu site ou loja virtual, e para evitar erros comuns de design que podem estar custando bons negócios e comprometendo a imagem de sua empresa.

Design bem distribuído

Um site deve ter um desenho bem organizado. Inventar demais pode ser um problema. Saiba que a área mais nobre de um site é o canto superior esquerdo e superior central, e nessa área devem se concentrar as mensagens iniciais que você deseja transmitir para o consumidor.

Evite também que a imagem de cabeçalho do site ocupe muito espaço. Em alguns sites essa imagem ocupa mais de 70% da tela, e o consumidor é obrigado a rolar a página para conseguir ver o conteúdo.

Navegue por outros sites e encontre um deisgn equilíbrado que lhe agrade. Use-o como referência para a construção de seu próprio seu site.

Design tranquilo

Cuidado com objetos se mexendo na tela, imagens piscantes e outras soluções que parecem criativas, mas que no fundo causam cansaço visual no internauta.

O objetivo do site não é provar que você consegue fazer coisas incríveis com a programação Flash, e sim criar um ambiente tranquilo e atraente para que seu cliente se sinta bem navegando no site.

Assim, use movimento, animações e efeitos visuais em banners, mas não em todo o site.

Cores em seus lugares

As cores utilizadas em um site devem ser bem estudadas. Cada cor contribui para criar um determinado sentimento nas pessoas e, portanto, você deve pensar bem quando for definir quais utilizará.

Os textos devem ser fáceis de ler, e as cores devem ser harmoniosas. Excesso de cores ou cores contrastantes só devem ser usados quando você sabe o que está fazendo e tem a intenção clara de criar uma emoção diferente em seu cliente.

Qualidade das imagens

As imagens devem ter qualidade adequada para a Internet. Se tiverem resolução muito baixa, prejudicam a qualidade do site, pois criam um efeito pouco estético. Se tiverem uma resolução muito alta, tornarão seu site lento.

Trabalhe com imagens de resolução média. A maioria das imagens deve ter qualidade adequada para uma tela com boa resolução, um notebook comum por exemplo.

Faça testes. Acesse seu próprio site e verifique se as imagens aparecem claras e nítidas e se não demoram muito tempo para serem carregadas.

Tags: , , ,

Categoria: Tutoriais

Sobre Cláudio Torres: Cláudio Torres é graduado em Engenheira Eletrônica pelo ITA, tem Mestrado em Sistemas pela USP, e fez pós-graduação em Marketing na Suécia. Atua como consultor e palestrante em marketing digital e mídias sociais, e desenvolve campanhas publicitárias na internet para várias agências de publicidade. Ver mais artigos deste autor.

  • Todos Fornecedores
  • Plataformas
    • Gestão de Anúncios
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Plataforma de E-Commerce
  • Serviços
    • Escola Espelicializada
    • Logística
    • Agência Especializada
 
Moovin
EZ Commerce
Jet
Rakuten
Bling
Accesstage
e-completo
Vtex
Mailbiz
Viewit
Digital UP
Softvar
LojaMestre
Braspag
Superpay
E-Goi
Neoassist
Tray
DLojavirtual
Dotstore
Ciashop
Seri.e
Akna
Web Jump
GhFly
E-Millennium
Bis2Bis
Bluefoot
ChannelAdvisor
F1soluções
MasterPass
Enviou
Internet Innovation
Signashop
Xtech Commerce
ComSchool
Brasil na Web
Nação Digital
COMM2
E-Commerce Logística
 

Comentário (2)

Trackback URL | Comentários RSS Feed

  1. Fernando Cordeiro disse:

    Se o que a pessoa quer é apenas fazer um blog pessoal, algo informal, pode se aventurar ser guiado apenas pelo “bom gosto”.

    Mas caso seja para construir o site institucional da empresa, o hotsite de um produto ou um ambiente de e-commerce, é INDISPENSÁVEL a contratação de um designer freelancer ou uma agência.

    O empresário deve levar a sério a sua própria marca.

    O leitor leigo pode usar este post apenas como guia na hora de brifar o projeto ou levar estes tópicos em conta na hora de avaliar a propósta de layout.

    :)

  2. Flávio Maciel disse:

    É importante que se saiba que, embora que o termo Design tanto na língua portuguesa como em outras, é confundido apenas com desenho e beleza estética, Design na verdade é a “concepção de alguma coisa direcionada para o uso”.

    Ou seja, estamos falando de forma e função, e usabilidade tem tudo a ver com isso.

    Qualquer site, seja um blog ou uma loja virtual, tem um objetivo quando criado, o que normalmente envolve o engajamento e algum tipo de conversão do usuário em cliente ou assinante.

    O design deve facilitar este processo, sendo atraente e principalmente sendo fácil e intuitivo.

    Deve-se sempre ter em mente O QUE SE ESPERA do cliente em cada página. Ao invés de dar a ele múltiplas opções, mostre para ele claramente qual é a ação principal que se espera dele naquele momento.

    Costumo dizer que um design usável deve falar por si só, independentemente se o site esteja em chinês, inglês ou português.

    Este tipo de raciocínio ajuda na hora de criar websites usáveis e agradáveis.

    Abs

    http://www.ipagare.com.br/blog

Comente esta Matéria




Para incluir uma imagem ao lado do seu comentário, registre-se em Gravatar.