Como as mudanças do Facebook afetam meus anúncios na rede social?

facebook-grana

O Facebook anunciou recentemente uma mudança na forma como os posts dos usuários da rede social são exibidos. A prioridade a partir de agora são os conteúdos de amigos, em detrimento das publicações feitas por fan pages (empresas, marcas, artistas e figuras públicas). A medida, feita alegadamente para incentivar as postagens, certamente causará impacto nas promoções e campanhas de publicidade, que terão a visibilidade reduzida.

De maneira semelhante, o Google mudou a forma como os anúncios são exibidos nas buscas e, no ano passado, a classificação de e-mails promocionais no Gmail. Isso sem contar as constantes alterações nas regras para classificação dos sites no posicionamento das pesquisas (que ficaram conhecidas por nomes de bichos como “Panda”, “Pônei”, etc).

Ainda é cedo para avaliar a medida do Facebook mas, baseado nas mudanças ocorridas em períodos anteriores, serve como um alerta para as empresas que investem em marketing digital: como usuários, estamos sujeitos aos “caprichos” das plataformas e canais de mídia, que promovem mudanças sem nenhum aviso. São como um vendaval ou tempestade, fenômenos naturais repentinos que podem provocar sérias consequências ao seu trabalho e patrimônio.

Sugiro aqui quatro iniciativas para sua empresa se preparar e evitar surpresas desagradáveis.

olist
Edrone
Performa.AI
Smarthint

1. Pode parecer óbvio, mas a primeira medida é justamente ter consciência de que a internet é um ambiente altamente dinâmico. Google, Facebook, Linked In e outras grandes plataformas promovem mudanças constantes para se adaptar aos seus usuários e isso também afeta a publicidade, para o bem ou para o mal.

2. Assim como quem acompanha a previsão do tempo se prepara para enfrentar uma enchente, acompanhar as tendências na área de marketing digital serve para prever e se antecipar a possíveis mudanças que acarretem problemas para suas campanhas.

3. “Não deixe todos os ovos numa mesma cesta”, não concentre todos os investimentos de publicidade em somente um canal. Diversificar as ações em vários canais (Google, Facebook, portais de notícias) reduz o impacto de mudanças inesperadas em um deles.

4. Agir rapidamente, buscando alternativas para compensar possíveis perdas. No caso da nova política de exibição de posts do Facebook, por exemplo, uma tática seria analisar outros formatos de anúncios que o próprio site oferece.

Avatar
Jornalista de formação, com pós-graduação em comunicação com o mercado pela ESPM. Foi repórter, editor de revistas técnicas e de negócios, assessor de imprensa, sócio de agência de comunicação empresarial e hoje é sócio da agência Clínica Marketing Digital (www.clinicamarketing8ps.com.br).
  • Todos Fornecedores
  • Armazenamento
  • Consultoria
  • Entrega
  • Marketplace
  • Performance
  • Plataformas
    • Gestão de Anúncios
    • Atendimento ao Cliente
    • E-Mail Marketing
    • Sistema de ERP
    • Pagamento Online
    • Mídias Sociais
    • Plataforma de E-Commerce
    • Precificação Dinâmica
    • Vitrine Personalizada
  • Serviços
    • Escola Especializada
    • Logística
    • Agência Especializada
    • Redirecionamento de Encomendas
  • Soluções
 
Moovin
EZ Commerce
Rakuten
Bling
Accesstage
Mailbiz
LojaMestre
Neoassist
DLojavirtual
Dotstore
Seri.e Design
GhFly
E-Millennium
Bis2Bis
Bluefoot
F1soluções
Xtech Commerce
ComSchool
Brasil na Web
Nação Digital
E-Commerce Logística
Socialrocket
Precode
Smarthint
JET e-business
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.